quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Mãe Natureza

Brincar com a natureza não é aconselhável, ainda mais quando não temos conhecimento de todas as suas interferências e perigos, o que pode se tornar uma atividade fatal e cheia de caminhos sem volta.
Não gosto muito de lugares altos e mesmo realizando as minhas trilhas comumente, fico observando de longe as belas paisagens que encontro, nunca arriscando a minha vida nos precipícios que encontro pelo caminho. Outro grande perigo é a água, seja ela doce ou salgada, os perigos são bem parecidos e podem fazer mal à nossa saúde, nos causando um afogamento ou nos levando para caminhos que poderão não ter volta.
O mar é fonte de muitas riquezas, mas também de mistérios e não cabe a nós ficar invadindo as suas profundezas sem que o devido cuidado seja tomado e possa ser observado a cada momento para que a segurança seja preservada e contribua para a nossa sobrevivência.
Navegar por águas turbulentas é fator de muita indisciplina, ainda mais se estivermos em área de risco e que não favoreça a nossa sobrevivência. Estar sempre preparado para todos estes imprevistos é de grande importância e descuidar dos alertas que a nossa mãe natureza nos dá é agir de forma impensada e nunca com o intuito de valorizar a nossa integridade. 
A natureza não é ruim, mas o homem a desafia por nada e faz com que a luta termine sendo improdutiva e injusta, já que a força do homem jamais irá superar a grandiosidade de tantos elementos fortes que estão no meio ambiente e que podem nos ajudar muito se mantivermos os devidos respeitos e cautelas.
Nossa mãe não brinca, mas ensina...

0 comentários:

Postar um comentário