quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Pica Doce

Assistindo a série de TV "Californication", entendi definitivamente o significado de "pica doce", "fornicação", "chave de buceta" e tudo o que isso representa numa sociedade louca e desvairada, como a que é apresentada no seriado. O protagonista, um escritor louco e sedento por sexo, não encontra meios de saciar a sua fúria de sedução e termina cometendo as mais variadas traições e aberrações sexuais, sem nem pensar nas consequências que isso lhe trará, agindo sempre como uma pessoa imatura e sem limite algum.
É fácil encontrarmos pessoas desta forma e a compulsão desmedida pelos prazeres da carne é algo que é bem fácil de ser encontrado, ainda mais num mundo como o nosso, onde as facilidades e liberdades sexuais estão cada dia mais evidentes e nos trazem muitas situações complicadas de serem resolvidas, como é o caso das doenças e filhos indesejados.
Não é fácil percebermos que crianças estão iniciando a vida sexual muito cedo e isso termina sendo uma obrigação num mundo onde as informações são muitas e fáceis de serem conseguidas. Não é como no meu tempo que o assunto era um tabu e escondido a sete chaves pelos nossos pais, que só de pensar em palavras com conotação sexual ficavam rubros de tanta vergonha e medo.
Lá em Garanhuns tinha um amigo da nossa família que era apelidado de 'pica doce' porque toda mulher se encantava por ele e não era difícil ele ir para a cama com algumas delas, sendo conhecido como um garanhão. E olhe que ele não era bonitão, fortão, sedutor, nada disso. Acho que o apelido era bem aplicado à pessoa, pois de uma forma ou de outra as mulheres queriam provar o gostinho que ele tinha para oferecer, que podia até ser doce como todos diziam.
"Pica Doce" na verdade era aquela pessoa que tinha facilidade de comer as mulheres, como se o gosto da transa fosse algo tão agradável que elas desejassem sempre mais, como uma lata de leite condensado que termina sendo consumida por inteiro por aqueles que são viciados pelo sabor doce que ele tem.
Pois bem, só consigo lembrar dele quando assisto ao seriado e não é a aparência que me faz ter essa impressão, mas a facilidade que ele possuía de deixar as mulheres totalmente apaixonadas e sedentas pela 'pica doce' que ele oferecia, a todo momento, sem cerimônia nenhuma. Muitas vezes ele nem queria, mas mesmo assim vinha uma e lhe dava aquela "chave de buceta" que ele não tinha como fugir, ficando preso naquele ato sexual mal resolvido e nem sempre duradouro.
O protagonista da série "Californication" é do mesmo jeito.
É isso...
Quantas "picas doces" e "chaves de buceta" não encontramos por aí, não é?
O mundo mudou e as pessoas estão cada vez mais liberais quando o assunto é sexo sem controle e por nada.
É uma fornicação só.
Outro dia explico melhor o que é a "chave de buceta". É muita informação para uma publicação só.

0 comentários:

Postar um comentário