sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Ascensão e Queda

Tudo é muito rápido e para termos uma mudança repentina nas opiniões ao nosso respeito não é preciso muita coisa, bastando apenas um ato falho, bem pequeno, para que tudo desabe e se torne uma calamidade nacional.
Ninguém lembra de tudo que realizamos durante a vida e o julgamento sempre é feito através do último ato, o qual motivou toda a dúvida sobre a nossa competência, a qual até então era inabalável e sem nenhum tipo de restrição. A mania de achar que todos nós devemos ser perfeitos sempre é um mal costume que afeta todos e se mostra mais presente naquelas pessoas que exercem algum tipo de destaque, seja em que área for. 
Qualquer profissional pode sofrer deste mal e o pior é que ele termina se justificando por falhas que ele mesmo cobra de si, ainda que isso não represente nada e seja completamente normal para a vida que levamos, afinal somos humanos e passíveis de erros durante toda a nossa vida. 
A expectativa que todos nós temos em relação aos acontecimentos é que move esta forma desmedida de colocar e tirar as pessoas do pódio, ainda que isto nem sempre represente a própria expectativa daquele que tem em si depositadas todas as esperanças do mundo. Podemos não esperar nada de nós mesmos, mas os outros podem ter esse desejo em dobro e nos fazer ficar loucos somente com a pressão que sentimos e que termina sendo um desgaste nas nossas vidas inteiras.
Investir em nós mesmos sempre e constantemente já diminui muito a quantidade de altos e baixos que iremos vivenciar, pois se estivermos sempre preparados para tudo, mais facilmente iremos conquistar os espaços disponíveis e que merecem a nossa glória.
Esperar demais por conquistas alheias é assunto complicado, ainda mais quando o mundo vive de ascensões e quedas e disso fazemos a nossa história. 
Os acontecimentos vivem em favor disso, já percebeu?
Ninguém é tão bom que não tenha caído ou tão ruim que não tenha tido o seu dia de glória. Os altos e baixos acontecem mais facilmente do que possamos imaginar e assim vamos vivendo, a cada dia, subindo e descendo ladeira.

0 comentários:

Postar um comentário