segunda-feira, 20 de junho de 2016

Mocozar

Esconder coisas, fatos e atos é algo muitas vezes praticado para o bem, embora também seja utilizado para o mal e com intenções danosas para as pessoas que estão inseridas no contexto e que dependem de informações claras para a tomada de decisão ou para tirarem da cabeça aqueles fantasminhas da neurose que insiste em nos perseguir.
É até saudável escondermos algumas coisas de pessoas que não possuem um filtro necessário para determinados assuntos, mas saberemos que uma hora ou outra isso irá ficar evidente e claro para todos, já que um fato escondido termina aparecendo nas horas mais improváveis e tomando proporções desnecessárias.
Há outra forma de mocozar, a qual pratico muito, pois gosto de guardar algumas coisas e depois nem eu mesmo encontrar. Escondo tão bem que fica difícil lembrar depois; algumas vezes até esqueço do item e quando descubro ele novamente, nem graça tem mais.
Escondemos também algumas coisas para evitar que sejam usadas antes da hora ou até para afastar o olho gordo de algumas pessoas que preferem não buscar seus próprios meios de sucesso e ficam somente interessados no que os outros possuem. Mocozando daqui ou dali, vamos escondendo tudo de todos e fazendo da nossa vida um eterno segredo, onde muitas vezes a descoberta do que ficou obscuro traz mais prejuízos que a omissão do mesmo.
Mocozar determinados fatos ou verdades nem sempre são saudáveis, mas necessários quando queremos ter um pouco mais de paz em alguns momentos da nossa vida, ainda mais quando não contamos com pessoas preparadas ao nosso redor para receberem as verdades que a vida nos apresenta.
É sempre mais saudável não escondermos determinadas coisas ou fatos, já que criaremos com isso um peso a mais na nossa consciência, dependendo do que escolhermos para sepultar eternamente ou por um determinado período.
Mocozar nem sempre pode ser a solução!


Mocozar: Esconder algo, alguém, algo de alguém ou até de você mesmo.

0 comentários:

Postar um comentário