sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Escrevendo Inspirações

Escrevo no blog com o intuito de ter a minha mente e inspiração vivas, além de praticar um pouco a fotografia e demostrar para as pessoas o que sinto e vejo por onde passo. Este meio de comunicação é, antes de tudo, uma forma de repassar ao mundo o que gosto de fazer e como vejo determinadas situações que podem parecer óbvias demais aos olhos menos atentos e que não buscam na curiosidade a sua força de vida.
Fico feliz quando o que escrevo toca as pessoas e quando estas me relatam as suas impressões sobre o que viram. No último mês recebi duas boas surpresas e percebi que nunca é em vão o que fazemos, mesmo que por alguns momentos a nossa impressão seja diferente e possa influenciar as nossas ações.
Já me perguntei muitas vezes porque o blog ainda está no ar, pois a falta de tempo e ânimo muitas vezes bate na minha porta e me faz ter preguiça de escrever e de deixar um pouco de mim registrado em palavras. 
Insisto.
Vou em frente e continuo fazendo o que gosto, que é mostrar um pouco da minha opinião, a qual nem sempre representa a maioria, mas é de grande validade para mim, já que através dela sigo minhas determinações e consigo ter a percepção de um mundo que é muito complexo, mas simples se estivermos dispostos a entendê-lo.
A inspiração vem de todos os lugares e quando ando ou converso com alguém, acumulo assuntos que muitas vezes ficam numa pauta esperando o dia de serem escritos. Sim, eu tenho uma pauta de assuntos...
Vou anotando tudo e buscando não desenvolver as palavras com muita complexidade, aliando os temas que penso ao que muitas vezes não parece muito óbvio, mas que carrega um íntimo de sensibilidade para que o assunto seja desenvolvido e visto com outros olhos, os mesmos inquietos que possuo e que já são comuns de quem me conhece pessoalmente.
Não consigo ficar muito tempo com os olhos parados e a inquietude que eles apresentam talvez seja uma das características mais marcantes que tenho no meu lado exterior e que pouco procuro divulgar. Quem abre a minha página na rede social, vai encontrar muito do mundo que vivo e pouco de mim no mundo. A minha imagem sempre estará em segundo plano e prefiro que as pessoas imaginem como eu me senti ali, naquele momento, onde pensei, fotografei e comentei o que vi.
A inspiração não para nunca e dessa forma vou caminhando cada vez mais firme e buscando novas inspirações para o que acho interessante e que muitas vezes passa batido na cabeça de muitos que não entendem a forma eletrizante da vida e como ela nos influencia a cada minuto.
Sejamos inspirados, atentos, inquietos e agradecidos...
Agradeço pelo dom de ter assuntos, por ter a mente livre de restrições e por aprender a cada dia neste meio de comunicação que tanto gosto e que muito me ajuda.

0 comentários:

Postar um comentário