segunda-feira, 2 de novembro de 2015

A Mudança de Rotina

Sair do lugar comum é sempre um desejo que todos nós temos, seja para passar o tempo ou quem sabe para alegrar a nossa mente cansada do cotidiano que vai nos consumindo pouco a pouco e faz com que as nossas limitações fiquem ainda maiores.
Fugir da rotina é algo muito bom, mas nem todos possuem capacidade suficiente para aproveitarem os momentos que surgem e que fazem a diferença nas nossas vidas. Se temos oportunidade de nos divertirmos para evitar a mesmice que nos acomete, devemos fazer isso de maneira plena e não somente de forma aparente, para dar satisfações aos nossos amigos, criando um tipo mentiroso e que só funciona nas redes sociais, que é o meio mais mentiroso que conheço, no qual ninguém está triste, sem dinheiro e insatisfeito e buscam a cada instante mostrar um sentimento que não possuem dentro de si, pois enquanto publicam uma atividade que supostamente estão realizando, a realidade é bem diferente dos fatos e o que oportunamente realizam é a prática do cotidiano nu e cru, sem que haja nenhuma mudança para ser contemplada.
Mudar atos e procedimentos não é nada fácil e fico abusado com os convites que algumas vezes recebo de amigos e amigas, que, ao verem minhas fotografias nas redes sociais, se oferecem para curtir comigo aquele momento, mas isso só ocorre de boca, num comentário qualquer. Poucos são os que verdadeiramente buscam a fuga do lugar comum e quando geralmente convido para se aventurarem comigo, as desculpas são as mais diversas possíveis e o cansaço e falta de tempo terminam sendo as pedidas da vez.
Não é bem isso que acontece e percebo que as pessoas realmente deixam de sair do óbvio e procuram se contentar somente com o que não lhes oferece perigo algum, ou seja, é bem mais fácil criar uma rotina diferente nas redes sociais do que realmente vivê-la intensamente.
Já vi muita gente fazendo pose para dar um sorriso largo para um selfie e logo após fechar a cara e dizer para o seu amigo próximo: "Que horas vamos sair daqui?" ou "Estou cansado..." e tantas outras desculpas que favorecem o fim de muitas atividades que servem mais como meios de divulgações imaginárias de uma rotina aparentemente feliz, quando na verdade a felicidade é algo que não existe e só faz com que a imaginação seja plantada na cabeça dos outros, gerando um mundo irreal e cheio de mentirinhas mal contadas.
Se nos afastamos da felicidade, encontramos a rotina com mais facilidade e temos muita incerteza de como iremos desfrutar dos melhores momentos da vida, sejam eles simples ou mais complexos. A mudança de rotina pode ser praticada dentro de casa mesmo, quando paramos de fazer o óbvio e buscamos algo novo para realizar e observar.
Há quem me pergunte onde eu consigo achar tempo e disposição para tudo que realizo e eu sempre falo: "Há tempo para tudo e basta planejarmos com calma que tudo dará certo".
A desculpa esfarrapada sempre é um pretexto para ficar parado no tempo, contemplando o rotineiro. Quem não olha ao seu redor e aproveita as oportunidades, jamais terá capacidade de inovar na vida e de enxergar o que realmente é bom.

0 comentários:

Postar um comentário