segunda-feira, 21 de setembro de 2015

As Ligações do Recife

Neste final de semana fiz um passeio patrocinado pela Prefeitura do Recife, no Projeto Olha Recife, o qual dá oportunidade das pessoas conhecerem um pouco da sua cidade através de roteiros que são feitos de catamarã, ônibus, bicicleta e a pé. Fiz o passeio pelos rios e a dificuldade de conseguir a reserva foi compensada com a bela paisagem do centro a cidade e pela navegação do Rio Capibaribe, que estava bem cheio, devido a alta da maré, já que na área do Pina ele tem um belo encontro com o mar.
O ruim é ainda perceber as inúmeras intervenções que são feitas em alguns locais, especialmente nas pontes que recebem fiações de tudo que é empresa de telefonia e energia e terminam criando uma gambiarra em monumentos históricos, afetando a visão das pessoas e a fotografia de algumas áreas. 
O passeio passa pelas principais áreas do centro da cidade, sendo uma forma diferenciada de visitar os espaços que costumeiramente olhamos em terra firme, sem ter a noção de como estamos rodeados pela água, justificando o nome de "Veneza Brasileira". 
Depois do passeio, ainda fui observar o Forte das Cinco Pontas, onde funciona o Museu da Cidade do Recife e para a minha surpresa, a exposição que estava sendo realizada no local mostrava o Rio Capibaribe e todos os seus aspectos e interferências. Gostei muito da instalação onde as pessoas podiam deixar um recado para o rio ou até para as pessoas mal educadas que diariamente poluem cada trecho deste afluente que tanto interfere na nossa paisagem e faz com que a cidade do Recife seja tão lembrada pela sua geografia peculiar.
As ilhas que compõem o centro da cidade são ligadas pelas pontes antigas e que possuem histórias específicas e contribuíram significativamente para a formação e desenvolvimento da cidade, pois se tais artifícios não tivessem sido realizados, o Recife não era o que é hoje e o centro da cidade teria outra paisagem. Imagino tudo aquilo na época que a cidade foi fundada, pois a beleza natural deveria ser tamanha e a limpeza dos rios um cartão postal inesquecível aos nossos olhos. 
Se hoje ainda temos um visual tão belo, imaginem se as ligações fossem realmente corretas e não sofressem com a falta de planejamento urbano?
Vale a pena o passeio e o descobrimento da cidade por este ângulo tão agradável e fácil de ser desbravado.















0 comentários:

Postar um comentário