domingo, 17 de maio de 2015

Pressa e Falta de Educação

Um coisa é você ter pressa e outra bem diferente é você ser mal educado. 
Tem gente que consegue unir as duas características e termina criando situações desagradáveis em vários ambientes que conhecemos, já que comprometem a paciência deles e a dos outros também.
Ninguém tem paciência no trânsito, mas isso não pode ser refletido no desespero insuportável de sempre tentar tirar proveito das situações e com elas causar grandes transtornos, não importando se o trânsito está bom ou ruim, pois só iremos agravar a situação e criar atritos desnecessários.
Se o sinal abre, alguns agoniados já ficam logo buzinando e muitas vezes é impossível os carros saírem, pois logo na sua frente outra cambada de imbecis já estão fechando o cruzamento e impedindo que o trânsito flua normalmente, como é o que se espera em qualquer lugar dito como "civilizado".
Outra coisa que detesto é quando algum cego, que se faz de besta, não enxerga a fila enorme que está na sua frente e ainda fica se fazendo de doido quando alguém chama a sua atenção para que ele ocupe o seu devido lugar, no fim da fila.
Os idosos hoje em dia possuem uma forma diferenciada de buscar os seus direitos garantidos por lei e terminam sendo arrogantes em algumas situações quando literalmente impõem os seus direitos com palavras grosseiras e formas desnecessárias de cobrarem os seus lugares e preferências nos mais variados serviços. Não vou nem falar daqueles que ficam chateados quando você oferece o lugar no ônibus, pois ficam sem querer aceitar, principalmente quando este indivíduo é uma senhora idosa metida a "cocotinha".
Todos possuem pressa de serem atendidos, de chegar em algum lugar e de cobrarem os seus direitos, mas esquecem que enquanto um lado deles é extremamente ágil, o outro, o da educação, é lento e termina esquecendo como se comportar em vários momentos.
Todos nós temos direitos e pressa e estes aspectos devem ser integrados para causarem efeito duradouro em todos nós, já que vivemos juntos nesse mundo tão desigual e precisamos nos ajustar a isso para termos dias melhores e mais construtivos. Não adianta nada ficarmos cobrando direitos e buscando oportunidades se fazemos da forma errada.
Então, da próxima vez que o sinal abrir e os pedestres ainda estiverem atravessando a faixa, tenham um pouco de paciência e esperem pelo menos alguns segundos antes de avançar como loucos e deixem de acionar a buzina de forma descontrolada e sem fim, como se o barulho fosse a forma mais correta de solucionar os seus problemas.
Temos pressa para resolver nossas broncas, mas sem educação ficará cada vez mais difícil de se chegar a algum lugar, pois se perdermos este pequeno detalhe que reside dentro de nós, ficaremos perdidos e sem nenhuma chance de construirmos algo bom nesta vida.
Educação ainda vale mais que qualquer atitude apressada e sem sentido.

0 comentários:

Postar um comentário