sexta-feira, 12 de julho de 2013

Onde Judas Perdeu as Botas

Existem lugares que são longe, mas alguns exageram nesse quesito e terminam comprometendo a vida de muita gente que tem a ligeira impressão que estão "Onde Judas Perdeu as Botas" por ficarem, de certa forma, limitados e sem chances de muita mobilidade nas suas atividades, pois tudo depende da hora que irão voltar e se terão transporte público para lhes servir. Quem mora ou trabalha longe ainda se salva quando tem um veículo próprio, mesmo que isso seja um furo no bolso e termine gerando uma despesa a mais no final do mês.
Morar longe é ruim e ainda mais quando isto está associado ao trabalho, uma vez que os congestionamentos e trânsito, sempre complicados nas grandes cidades, faz com que o deslocamento se torne algo ruim e comprometa muito a vida pessoal de muita gente, que termina vivendo para trabalhar e quando conseguem ter algum alívio ou momento de folga é nos finais de semana.
Já morei longe do meu trabalho e sei como é isso. A semana toda era uma agonia só e muitas vezes perdia muitas opções de divertimento por não poder conciliar as agendas e o tempo de deslocamento de cada atividade. Até estudar e realizar um passeio rápido no shopping, após o final do expediente, se torna complicado e muitas vezes o que nos vence não é a mobilidade e sim o cansaço, pois com a jornada longa de um dia, terminamos chegando em casa somente com disposição para dormir.
Alguns bairros das cidades são de fácil acesso e possibilitam às pessoas uma melhor maneira de terem uma vida social mais planejada e calma, pois sempre que é necessário alguma saída para alguma atividade, a ação se torna mais fácil e com rápida realização. Algumas vezes para ir ao shopping num domingo, muitas pessoas perdem o dia todo, pois somente o deslocamento compromete horas do tempo que deveriam utilizar no divertimento.
Com a evolução das cidades, o quesito aluguel mais barato, para quem mora longe, se tornou algo descartável e hoje em dia esse detalhe só é considerável se a habitação estiver num local de acesso ruim e com pouca estrutura. Aqui no Recife e região metropolitana, bairros que antes não valiam R$ 1,00, hoje são valorizados e tudo isso devido à grande industrialização que está ocorrendo na área sul e agora na área norte com a chegada de gigantes internacionais e nacionais.
Antes se deslocar na cidade era mais fácil, mas hoje é necessário que tenhamos um pouco de cuidado ao escolher um local para trabalhar e morar, já que, dependendo da escolha, o nosso calvário pode ser aumentado e o sofrimento ser maior do que o normal. Nas horas mais complicadas do dia é que percebemos como é bom conseguir chegar em casa mais cedo e ter um tempo livre para arejar a mente, obtendo disposição para iniciar um novo dia e enfrentar tudo o que nos espera.
Deixemos que o Judas perca as botas sozinho...  

0 comentários:

Postar um comentário