quarta-feira, 24 de julho de 2013

A Chuva e o Festival

Como o próprio nome já diz, o Festival de Garanhuns é realizado no inverno e dessa forma não poderia faltar a chuva, mas confesso que ficamos bem mais satisfeitos quando ela não aparece, ou surge de forma tímida, em forma de garoa. 
Fica complicado andar por alguns locais, principalmente quando vamos para o Parque Euclides Dourado, o qual possui chão de areia e muitos eucaliptos. Além do frio, temos que lidar com um pouco de lama e driblar a sujeira que fica nos nossos sapatos e bordas das calças. Alguns dizem que este é o charme do festival e que sem isso ele não teria finalidade, mas confesso que andar bem limpinho e enxuto é bem melhor.
Ainda bem que nestes dias que estou por aqui a chuva foi intensa, mas fraca. Em alguns poucos momentos ela ficou forte e causou alguns transtornos, mas nada que comprometesse a vida das pessoas ou atrapalhasse algum espetáculo. Eu só não me atrevo a ir para a Praça Guadalajara no período da noite e madrugada, pois a soma de frio e chuva compromete a minha disposição e faz com que eu prefira ficar em casa com um cobertor quentinho e uma programação mais amena.
De certa forma, a chuva é algo inevitável e posso dizer que ela não é impeditiva para a festa, já que os locais de animação ficam lotados e as pessoas não deixam de comparecer a nada. Colocam suas botas, cascos mais pesados e se armam com os guarda-chuvas de todas as cores e formas e saem em busca do divertimento, que pode ser um teatro, uma dança ou quem sabe uma bela exposição.
Hoje fui para o espetáculo infantil "Pindorama, Caravela e Malungo", que conta a história do Brasil de uma forma diferente, misturando teatro, dança e música. Achei muito bom, mas pouco didático, já que é direcionado para crianças e a linguagem usada estava acima do entendimento de muitos pequenos. Minha sobrinha não entendeu nada e eu fiquei o tempo todo elucidando a mente dela com os fatos que eram pouco falados e muito gesticulados. É o que acontece quando tentamos usar uma forma de comunicação acima do entendimento do nosso público, o que ocasiona uma certa desordem na assimilação de ideias e fatos. 

0 comentários:

Postar um comentário