quinta-feira, 20 de junho de 2013

Nem Tudo Está Perdido...

Quando menos esperamos, aparece algo na vida que nos faz refletir e pensar que poderia ter sido pior a situação que vivenciamos e que de certa forma contribuiu negativamente para a nossa felicidade e satisfação. A maioria dos casos precisa apenas de uma observação, de um detalhe para ser visto de outra forma, bem mais elaborada e feliz.
Uma frase de efeito, uma atitude revista e um ajuste perfeito podem causar um impacto gigantesco nas nossas vidas e quem pensa que isso é algo irreal se engana redondamente, pois o espírito aventureiro e ousado está presente em cada momento que vivemos, mas necessita ser despertado quando necessário para que realmente seja visto e tenha duração essencial e sem limites.
Há um pensamento comum, de gente medrosa, que remete ao medo, a hesitação pelo que é diferente e que precisa ser revisto sempre. Ora, se temos a capacidade de pensar e de agir, porque não fazer isso sempre em prol das atitudes ousadas e que podem gerar modificações significativas nas nossas vidas?
O caminho para esta mudança não é fácil para todos e alguns penam até entenderem a forma mais adequada de se livrarem dos congestionamentos que a vida nos apresenta e que só nos fazem perder a paciência e com isso não buscar atalhos que facilitem o nosso acesso ao que é bom e proveitoso para cada um de nós.
Se faltam oportunidades, vamos criar soluções, meios de obtenção. Se faltam pessoas para nos ajudar, vamos capacitar os que tem potencial e assim dar continuidade ao que precisa ser feito diariamente e com olhar atento e preciso. Nenhuma maneira de viver em sociedade é totalmente errada e basta observarmos os efeitos para sabermos se o resultado foi adequado ou não para os nossos propósitos e sonhos. 
Alguns possuem chances de sair da agonia cotidiana, mas se não tiverem sempre a alma desarmada, ficarão cada vez mais incapazes de enxergar o que é bom e frutífero para o sucesso.
Estava hoje parado no trânsito, quando fotografei a traseira deste ônibus que ilustra a postagem e veio, então, a inspiração para escrever um pouco sobre ousadia, que é o combustível que precisamos para melhorar cada passo nosso, ainda que as buzinas contrárias sejam altas demais e os nossos companheiros de estrada estejam a todo momento querendo passar na nossa frente, machucando, riscando a nossa imagem e destruindo tudo que já foi edificado por nós.

0 comentários:

Postar um comentário