sábado, 27 de abril de 2013

I Wanna to Go Back To Bahia‏

Visitar Salvador para mim é como voltar no tempo do descobrimento e perceber todas as influências que o Brasil sofreu e que se transformaram numa mistura interessante de cores e belezas que só a capital bahiana nos oferece. Há quem não goste da cidade, mas eu me identifico muito com tudo que encontro por lá e cada pedaço da cidade é por mim apreciado de uma forma detalhada, já que a riqueza cultural e arquitetônica é uma das mais belas que encontramos no Brasil, embora a conservação de algumas edificações esteja precisando de maiores cuidados.
Andei um bocado hoje e sai da Praia do Porto da Barra até o Pelourinho, visitando as ruas e monumentos que encontrava. Dei uma passadinha pelo Teatro Castro Alves e desfrutei um pouco da bela praça que fica bem em frente, chamada Praça 02 de Julho.
Andei pelo Bairro de Campo Grande e cheguei até a famosa Praça Castro Alves e em seguida no Elevador Lacerda e Praça da Sé. Pausa para um descanso e almoço, peguei o beco para a Igreja do Bonfim e de lá para um local que ainda não conhecia e que oferece uma visão bonita da cidade baixa, que é o Forte de Monte Serrat, no Pontal do Humaitá.
Um local com culinária simples, porém gostosa. Sorvetes típicos e pertinho da popular praia de Boa Viagem, que tem uma igreja dedicada à Nossa Senhora da Boa Viagem.
Tarde tranquila, com um entardecer bonito e com o mar cheio de embarcações para deixar o local ainda mais encantador e cheio de características interessantes.
Cumprido o roteiro do dia, segui para o Pelourinho para descansar um pouco, já que a pousada que escolhi fica cercada por igrejas históricas e ter como vizinhos tantas belezas é um privilégio que deve ser aproveitado.
A noite no Pelourinho é misturada, podendo ser tranquila, agitada, perigosa e mística, pois em muitos locais encontramos manifestações culturais e restaurantes diversos para que sejam apreciadas as comidas típicas da Bahia e do mundo.
Não aconselho circular por alguns locais, especialmente além do Largo do Pelourinho, pois as ruas são mais escuras e oferecem pouca segurança para as pessoas que por ali circulam.
Com cuidado, não há problema algum e Salvador é só alegria. Vale a pena conhecer cada pedacinho desta cidade que fica no coração do Brasil.

0 comentários:

Postar um comentário