domingo, 28 de abril de 2013

Museu da Misericórdia

Há algum tempo tentava conhecer o Museu da Misericórdia, em Salvador, mas nunca conseguia casar os horários, até que enfim tive esta oportunidade e falo com muita sinceridade que valeu todo o tempo que esperei, pois o local é muito bonito e preservado, além de ser uma aula de história brilhante e cheia de significados.
Inicialmente quando a Santa Casa de Misericórdia foi criada, atendia no espaço que hoje é o museu, mas o tempo fez com que ela evoluísse e o local se tornou pequeno para tanta bondade praticada ao longo dos tempos.
Lá podemos perceber como eram ricas as instalações da época, mesmo sendo usadas para fins de tratamento de saúde e de pessoas sem condições financeiras, já que os detalhes nas paredes, tetos, escadarias e obras de arte são um capítulo à parte e nos remetem ao passado que coincide quase com o descobrimento do Brasil e colonização da cidade de Salvador.
Os espaços mostram as antigas enfermarias, a farmácia de manipulação, o salão nobre, os reservatórios de água, os mármores e tudo que tornou o espaço um belo capítulo da nossa história. As pessoas que ajudaram a criar tal espaço, estão retratadas em telas grandes e que refletem o legado que deixaram ao longo de tantos anos de dedicação ao próximo.
A casa tem como princípios, 14 atos que representam a misericórdia:
Dar de comer a quem tem fome
Dar de beber a quem tem sede
Vestir os nus
Dar pousada aos peregrinos
Visitar os enfermos e encarcerados
Remir os cativos
Enterrar os mortos
Dar bons conselhos 
Ensinar os ignorantes
Corrigir os que erram
Consolar os aflitos
Perdoar as injúrias
Sofrer com paciência as fraquezas do próximo
Rogar a Deus pelos vivos e defuntos
Como seria bom se todos nós praticássemos esses atos e que a misericórdia realmente pudesse estar entre os homens, fazendo com que a vida de todos nós fosse melhorada e sem limites.
Minha frustração foi não poder fotografar nada do interior do museu, pois nem tocar era permitido, pois cada obra lá exposta tinha sido restaurada e poderia ser danificada se as pessoas mais desatentas não tomassem o devido cuidado.
A visita é monitorada e recebemos orientações importantes sobre tudo, tornando o momento ainda mais interessante e inesquecível. Recomendo o passeio a todos que forem no Pelourinho, na cidade de Salvador.
História sem limites e rebuscada de detalhes.

0 comentários:

Postar um comentário