sábado, 3 de dezembro de 2011

Lágrimas de Sangue

Quando estamos tristes, temos a impressão de que iremos chorar lágrimas de sangue, pois tamanha é a dor de cada gota derramada pelos nossos olhos. Ainda mais dolorida é ter a sensação de que a nossa alma também chora lágrimas de sangue, pois nada pior do que estarmos espiritualmente e fisiologicamente tristes e com isso comprometendo todo o nosso humor e alegria de vida.
São nessas horas que ficamos pensando o que não devemos e nos desfazendo daquilo que nos remete a lembranças ruins e que possam piorar ainda mais o nosso estado. Algumas pessoas conseguem identificar bem o que aflige o seu coração, mas outras não e terminam mergulhando no mar vermelho de sangue e ficam com muita dificuldade de visualizar um fim para toda a situação, que pode ser muito simples e dependerá da resistência psicológica de cada um.
Se comumente nos deparamos com situações pouco desafiadoras nas nossas vidas ou se recebemos proteção demais daqueles que nos cercam, terminamos por encarar as lágrimas de sangue de uma forma diferente e o que era para ser e uma sensação dolorida se torna algo corrosivo, desgastante, irritante.
Ninguém está imune de uma situação assim e saibam que nos dia de hoje as lágrimas de sangue não são feitos milagrosos de imagens de santas que aparecem pelo mundo. As lágrimas que choramos são fruto do nosso despreparo para organizar nossa vida com consciência e determinação e quando permitimos que a desordem impere no nosso caminho, ficamos à deriva e totalmente vulneráveis a ação das tempestades que serão cada vez mais fortes e causarão muitos estragos em nossa vida.
É preferível limpar as lágrimas antes que elas endureçam, pois uma atitude breve, certeira e muito vigilante nos dará a possibilidade de evitar as manchas do sangue. Quanto mais tempo ele ficar lá, sem cuidado, causará marcas que podem não sair de início, comprometendo não só a nossa aparência física, mas nos deixando enjoados com o cheiro e também com o sabor marcante em nossa boca. 
Pior que este sabor fica amargo com o tempo...
Se chorar é inevitável, que seja de uma substância mais cristalina e com sabor levemente salgado.

"Chora, desafoga o teu peito...
Chora, você tem o direito."

Citação da música "Pranto Livre", perfeitamente interpretada pela Elza Soares.
Ninguém canta esta música como ela.

0 comentários:

Postar um comentário