quinta-feira, 28 de julho de 2011

Descontrole

Esta semana fiquei muito surpreso com a agressão que o goleiro Gustavo fez a outro colega  durante uma partida de futebol. Ele ficou literalmente descontrolado e deixou que a raiva quase causasse algo maior, como a morte do adversário. O chute que ele deu foi digno dos filmes de ação e não precisou de dublê para voar. Ele foi perfeito.
Pena que a perfeição dele tenha sido para uma finalidade tão vil e covarde, já que agrediu pelas costas e nem se importou com as câmeras que estavam filmando tudo naquele exato momento. A prova da sua falta de profissionalismo, do seu controle emocional e da sua total incapacidade para ser um jogador foi mostrada em todos os meios de comunicação e causou revolta em muitas pessoas que assistiram às cenas, que pareciam inacreditáveis.
Eu achei ainda mais surpreendente a atitude do Sport que está apoiando o atleta e fazendo de tudo para livrá-lo de um julgamento pelo feito. Ele deveria perder o emprego, isso sim. Por justa causa. Não entendo como ainda está no posto de goleiro.
Ah... Já sei.
Como ele é goleiro, deve treinar golpes agressivos para poder espantar as bolas que insistirem em cair na rua rede. Pode ser isso e nós não estamos entendendo. Talvez faça parte do seu treinamento ser tão imprudente e sorrateiro. É uma vergonha que tenhamos que assistir cenas tão ruins na TV e ainda ter que se contentar com a injustiça e complacência de muitas pessoas que acham bonitinho ter um integrante de um time com péssimas qualidades.
O espírito esportivo dele está na cabeça, no dedão do pé.
Só sendo...

0 comentários:

Postar um comentário