quarta-feira, 27 de julho de 2011

OlhO GOrdO

Muitas pessoas nem precisam, mas ficam com um olho gordo no que é dos outros e com isso criam um mal estar em algumas situações que vivenciamos no nosso cotidiano. A necessidade de estar à frente dos outros, de tirar vantagem de tudo, de ganhar mais do que necessita e de ter um padrão de vida acima do normal faz com que as pessoas terminem perdendo os limites do que é normal ou grotesco.
Nada na vida é por acaso, mas algumas pessoas conseguem, ao acaso, mais vantagens do que outras e isso incomoda muita gente...
Se incomodar é a palavra que move o olho gordo e a inveja, então deveria impulsionar também as pessoas a buscarem crescer e se desenvolver pelos seus próprios méritos e com isso ter um desempenho similar àqueles que foram invejados e sofrem com as mazelas de um olho agourento e que não busca o desenvolvimento e sim retirar do caminho tudo que impedir ou bloquear a sua vida já tão pequena e sem sentido.
Em todos os aspectos da nossa vida podemos receber a visita dos invejosos, mas saibam que é nos relacionamentos e na vida profissional que isso se torna mais frequente e termina deixando muita gente inquieta com as situações que são criadas. Já vivenciei muitos momentos na minha vida profissional onde as pessoas que me cercavam tinham sempre um olhar invejoso, muito gordo.
Isso sempre é notado por mim, mas não dou cabimento e sempre faço por onde mostrar o lugar de todos eles e com isso dar a volta por cima em situações que seriam ruins se não tivéssemos a sabedoria de ver as melhores formas de contornar o que parecia irremediável e sem volta.
As pessoas pensam que um olhar invejoso não destrói as pessoas, mas isso é irreal e afirmo que esta é a arma mais velada e sutil que o homem pode ter e seu veneno, destilado aos poucos, compromete a vida e alegria de muitas pessoas, sendo elas fortes ou não. A fortaleza que temos nas nossas vidas vem da nossa fé e da confiança que temos em nós mesmos. Quem não constrói isto, cai facilmente na rede da inveja e fica sem conseguir sair desse emaranhado de linhas sujas e cheias de pontos mal traçados.

0 comentários:

Postar um comentário