segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Brazilian Horror Story

A cada dia descobrimos novas situações ruins no Brasil e vamos notando que estamos vivendo num filme de horror, onde os medos do passado voltam a nos afligir e nos fazem perder um pouco as esperanças no futuro, já que quando pensamos que estávamos evoluindo e nos tornando realmente uma Nação mais desenvolvida, voltamos para o buraco, pagando o alto preço da desordem e da falta de administração dos recursos públicos.
Quando lemos um jornal, revista ou qualquer outro meio de comunicação, o assunto é único e temos a impressão de que passamos por uma tremenda falta de assunto, o que não é verdade. Temos muitas situações para comentar e falar, mas terminamos ficando obscurecidos pela enorme quantidade de notícias ruins sobre crimes, violência, discriminação, corrupção e falta de compromisso com o povo, o mesmo que já sofre os horrores deste País, desde a sua criação. 
Estamos num "Covil" onde estão escondidas as mais variadas espécies de animais perigosos, os quais se apropriam das verbas públicas com muita sabedoria, algo que não utilizam para realizarem obras voltadas para itens essenciais da população como a saúde e a educação. A multidão de cobras peçonhentas que ocupam os cargos públicos mais influentes termina envenenando tudo ao seu redor e fazendo com que nada tenha vida plena e satisfatória, gerando somente a morte e destruição por onde passam.
O "Freak Show" da politicagem é muito grande e cada aberração que aparece se torna ainda mais evidente nestes períodos de exposição negativa, que ousamos chamar de eleições. Ainda que muitos destes seres ruins sejam levados para os "Asilos" disponíveis, percebemos que a sua influência persiste e termina gerando muitas "fugas aprovadas" pelo legislativo, incapaz de julgar a todos com igualdade, onde sempre favorece aqueles que possuem mais dinheiro e que desenvolveram mais falácia para se defenderem e criarem para si as melhores chances de defesa, ainda que isso seja totalmente injusto.
Nesta "Murder House", vamos morrendo a cada dia e perdendo de vez as esperanças de dias melhores, onde a sabedoria dos brasileiros possam realmente falar a nossa língua e fazer com que o Brasil seja visto como um país sério e comprometido com os ideais de melhoria e que nunca fizeram parte da nossa bandeira, ainda que estejam estampados lá em letras graúdas e rodeadas de estrelas que vão, aos poucos, se apagando e perdendo o seu brilho.
O horror brasileiro é bem maior do que possamos imaginar e nada está sendo feito para que isso mude. Ainda vivemos num mundo imaginário e deixamos de lado a realidade que nos aflige e nos acomete em todos os sentidos.
Quando vamos acordar deste susto infinito?

Publicação inspirada no Brasil, seus horrores e na brilhante série American Horror History. 

0 comentários:

Postar um comentário