terça-feira, 15 de novembro de 2016

Por um Triz

Arriscar-se por nada ou por aquilo que nem sabemos que é perigoso é algo bem comum na vida de cada um de nós, mas temos que ficar mais atentos aos detalhes que nos cercam para entendermos o que é verdadeiro ou falso e como tais sinais podem nos ajudar a tomar a decisão correta, evitando que a nossa situação fique por um fio e totalmente vulnerável.
O poder, a curiosidade, a falta de perícia ou até a inocência nos fazem passar por situações de risco e isso afeta muito a nossa existência, já que num pequeno momento podemos perder tudo que foi conquistado e isso pode ser algo material ou até coisas bem mais sutis como a nossa reputação diante das pessoas que entenderão diferentemente o nosso comportamento.
Construímos tanta coisa, mas nem sempre a base é forte e termina nos mostrando que a perda será grandiosa se não soubermos organizar bem os nossos dias e fazer deles os melhores companheiros que temos para nos auxiliar nas horas mais adequadas.
Se o poder é segurado por um fio de cabelo, cabe a nós descobrir uma forma de transformar esse poder vulnerável em segurança propriamente dita, onde nenhuma das nossas atitudes possa ser contestada, evitando um desgaste prematuro de algo que parecia muito firme e duradouro.
Somente com boas ações e atitudes corretas é que poderemos erguer os nossos castelos de poder nesta vida e tudo que tem muita obscuridade nas ações, ou está apegado ao que não tem muito valor, termina perdendo o prumo na hora mais improvável e nos mostrando que tudo pode ser nada num piscar de olhos.
O poder não significa perpetuação e somente as boas ações poderão nos colocar num patamar elevado de sabedoria que solidificam cada ação nossa e nos fazem entender que nada é muito difícil de ser conquistado, desde que tenhamos um pouco de dedicação ao que é certo e que merece o nosso crédito e atenção.
Deixar de lado as atitudes indesejáveis é algo que precisa mudar nas nossas vidas e isso só nos mostra ótimas conquistas e resultados. 
Basta olhar com atenção que teremos essa certeza!
Não vamos deixar a vida por um triz, pois o risco nem sempre é necessário...

Foto: Jenny Andersen

0 comentários:

Postar um comentário