terça-feira, 4 de outubro de 2016

Sem Saída


A pior forma de ficar parado no tempo é não colocar o cérebro para funcionar e ficar pensando somente em besteiras e não encontrar saídas para as melhorias que estão na nossa frente e que por alguma cegueira momentânea, geralmente causada pela agonia, não enxergamos e ficamos navegando por mares profundos e sem achar o caminho certo para novamente respirar aliviado e sem o sufoco de antes.
Apenas para a morte não há solução. O resto é ajustável e pode nos acalentar de forma imediata ou com o passar do tempo, quando nos acostumamos à nova realidade e vamos criando meios de conseguir as melhorias necessárias para as nossas vidas.
Se pararmos para pensar um pouco e investigarmos as situações que nos influenciam constantemente, saberemos que nada é por acaso e pode nos ajudar na resolução de muitas coisas, já que basta um olhar atento para descobrirmos que as possibilidades são muitas e nunca devem ser descartadas. A imensidão das situações que nos acometem nos fazem perder as esperanças e isso é a principal forma de perdermos as variedades construtivas que dispomos para edificarmos muitos alicerces que nos sustentarão ao longo da vida.
Se a foto não ficou boa, sorria mais que ela se ilumina. 
Caso o trânsito esteja ruim e parado, experimente outros caminhos.
Tudo vai se resolvendo e o que não podemos permitir é que a saída jamais seja esquecida pela nossa mente, já que isso é o fator principal da nossa desgraça e nos faz perder tempo, ocupando a mente com o que não presta e não merece ser considerado.
Achar a saída é muito bom e merece ser comemorado!

0 comentários:

Postar um comentário