quinta-feira, 2 de junho de 2016

O Que Fazer?

Algumas pessoas esperam a aposentadoria para poderem aproveitar a vida, outras vivem a vida intensamente desde sempre e cada um tira as suas vantagens disso tudo, pois sempre há os pontos positivos e negativos de cada situação, embora eu perceba que mais apropriado é aproveitar a vida desde já e não esperar pelo tempo vindouro, já que a nossa saúde e disposição poderá não ser a mesma para determinadas ações que iremos fazer.
Algumas delas podem ser bem simples de serem concretizadas, mas outras não e por isso dependemos de uma vitalidade que hoje em dia ainda temos e podemos abusar nos momentos mais precisos. Já tive momentos na minha vida que me deparei com aventuras bem desgastantes e que me fizeram perguntar quando teria oportunidade de realizar novamente tal feito, já que a disponibilidade financeira e de saúde poderiam não ser tão fáceis em tempos futuros.
Bom é ter a convicção de que podemos colocar em prática tudo que desejamos, com cautela, organização e muita paciência, sempre aproveitando os melhores momentos e não desperdiçando com besteiras as economias que temos, sejam elas mentais ou até financeiras. O que vale é termos um estoque sadio de criatividade e de atitude para que nada fique parado no tempo, pois esta desculpa de que não realizo isso ou aquilo por falta de tempo ou dinheiro é a mais esfarrapada que podemos encontrar para maltratar a nossa mente, que se acostuma a dar justificativas para inibir a nossa força de mudança.
Tive a inspiração para falar sobre isso porque todos os dias quando encontro o meu vizinho, que se aposentou há pouco tempo, o vejo fazendo atividades bem desnecessárias no jardim do condomínio, quando poderia ocupar o tempo dele com coisas mais interessantes e assim afastar o mal da tristeza e da depressão que acomete muitas pessoas nesta fase da vida.
Acredito que esse mal ele ainda não tem...
Hoje mesmo ele estava enxugando as folhas de uma planta que a chuva molhou. Se a planta estivesse dentro da sua casa, até entenderia, mas ela estava no lado externo e provavelmente sofreria novamente com os efeitos da chuva, já que estamos numa época de inverno.
Estava literalmente arrumando o que fazer e isso é muito ruim quando percebemos que as atividades que encontramos não agregam nada à nossa vida.
Vamos aproveitar nosso tempo enquanto podemos e mesmo nas épocas mais cansadas das nossas vidas, ainda vale realizar atividades mais salutares e que nos tragam mais efetividade e nos afastem da terrível sensação de inutilidade.
Quando praticamos atividades inócuas, ficamos sem entender o real sentido das nossas vidas e como podemos contribuir para a nossa felicidade plena e nunca esquecida.

0 comentários:

Postar um comentário