quinta-feira, 12 de maio de 2016

País das Maravilhas

Ao ver uma publicação de uma amiga no Facebook sobre o País das Maravilhas, tive a inspiração de comentar aqui no blog a situação atual do nosso maravilhoso Brasil que hoje acordou com a notícia do afastamento da presidente Dilma. Tudo bem que ela está fazendo um péssimo governo, mas acreditar que tudo vai ficar lindo e maravilhoso a partir de agora é um pouco fantasioso da nossa parte; é magia e ilusionismo demais, algo que nem o chapeleiro maluco conseguiria superar.
O coelho do tempo deu um prazo de 180 dias para que o processo fosse julgado e afastou a presidente do seu mandato, deixando no poder o seu vice, o qual está cortando as cabeças de todos os antigos aliados e formando uma nova equipe.
O chá da tarde esfriou e os convidados vão ter que ficar esperando as melhorias anunciadas ou escutar insistentemente as justificativas da ineficiência genética e corrupta apegada aos atos do antigo governo, o qual sempre será o culpado, fazendo com que os vindouros governantes fiquem perdendo tempo com antigas atitudes, justificando o passado sombrio do qual também participaram. Seria melhor que arregaçassem as mangas e trabalhassem em prol da população e de uma país mais justo.
A presidente está pequena e para poder sair deste país das maravilhas terá que tomar a poção do crescimento para sair altiva do local que antes foi a sua casa de destaque. Uma vergonha nacional é perceber que os que lá ficaram para administrar o Brasil não possuem nenhuma confiabilidade e farão de tudo para continuar fazendo o que não devem, enganando o povo inerte e que nem sabe qual é o dia de hoje, quiçá a complexidade da conjuntura política que temos e todas as suas ramificações onerosas aos nossos bolsos e mentes; não aguentamos mais ver tanta impunidade martelada no nosso cérebro, nos fazendo perder a capacidade de acreditar nos nossos representantes.
Espero que Alice nos empreste o seu país das maravilhas e que todas as cabeças sejam cortadas pela rainha de copas, num jogo honesto e sem muita enganação.
É isso que esperamos e desejamos para o nosso maravilhoso, esperançoso e desenganado Brasil...
Cortem as cabeças!

0 comentários:

Postar um comentário