terça-feira, 15 de março de 2016

Placebo

É comum enganarmos a nossa mente com situações que não causam nenhum resultado, simplesmente pelo fato de testarmos a nossa capacidade de evoluir em determinados assuntos que julgamos ser difíceis de serem resolvidos ou administrados.
Achamos que determinadas ações resolvem as nossas angústias, mas isso nem sempre é verídico e terminamos ficando enganados pelas nossas próprias "pílulas da felicidade", sem nem percebermos que os atos duradouros estão guardados na nossa mente e podem surtir um efeito bem maior.
Ficamos aflitos por muitos motivos e todos eles nos fazem pensar nas consequências que teríamos se agíssemos de forma diferenciada para alguns aspectos simples, mas que precisam da nossa intervenção maior e pontual.
Esperar por efeitos duradouros nas nossas vidas é algo que sempre nos acompanha, ainda mais quando achamos que a nossa vida irá depender disso para ter suporte e felicidade necessária para seguir em frente. Dependendo do caso, podemos substituir as nossas investidas passageiras em atitudes mais longas e que nos tragam maiores frutos para tudo que desejarmos. 
Não precisamos ficar iludidos sempre com as diversas situações da vida, mas nos capacitarmos para encontrar o melhor caminho a seguir é algo bem fácil de ser conseguido, ainda mais quando a sensação de alívio se torna algo realmente especial e necessário.
Uma dose certa de situações ilusórias nos faz perceber que a realidade é bem mais fácil de ser administrada do que imaginamos e cada conquista só depende da nossa capacidade de aprender e seguir em frente com muita cautela e determinação. Saber usar cada atrativo para o nosso cérebro é de grande valia e só nos mostra o quanto podemos crescer se estivermos dispostos a sentir o gostinho daquilo que não possui o remédio das nossas mazelas, mas contribui para a nossa cura mental e espiritual, o primeiro passo para tantas outras melhorias que podemos imaginar.

0 comentários:

Postar um comentário