sábado, 13 de fevereiro de 2016

Ruim de Verdade

Compramos alguns produtos pela qualidade, mas algumas vezes somos fisgados pelas armadilhas dos preços baixos e, como não conhecemos os produtos, temos aquela atitude que todos possuem, que é de "testar para ver se presta".
Em alguns casos a surpresa é boa e termina nos fazendo crer que a qualidade nem sempre está relacionada aos altos preços, embora em alguns momentos o preço seja definitivo para demostrar se algo presta realmente ou não, tamanha é a ótima ou péssima qualidade dos produtos empregados na sua elaboração.
Sabemos que muitas vezes a marca determina o preço, assim como processo de fabricação empregado, que se for muito elaborado poderá ter um maior valor agregado ao produto. O que nos assusta muito é perceber que o preço costuma ter uma jogada de propaganda para ser elevado e faz com que muitos caiam nessas armadilhas na hora da compra, perdendo a noção de quanto realmente as coisas valem.
É certo que o preço é motivado pelo desejo pessoal que cada um tem pelos bens que necessita e valoriza, mas algumas vezes terminamos perdendo a noção do que realmente importa e nos faz pagar um pouco mais em determinados momentos da nossa vida. Um produto de altíssima qualidade nem sempre é duradouro, bonito ou agradável aos olhos e isso vai depender do uso que fazemos, pois uma seda pura poderá se tornar um papel crepon nas mãos de alguém descuidado, assim como um diamante poderá gerar muitos riscos na imagem daqueles que não sabem dosar as suas escolhas.
Ruim de verdade é aquilo que não presta para nada e não cumpre o seu papel quanto ao uso e utilidade, gerando só negatividade e nada que possa ser considerado positivo dentre todas as características que apresenta ao consumidor desatendo e crédulo das inúmeras inverdades que são descritas na embalagem, quando há.
Algumas vezes temos que analisar o produto pelo tato e isso até ajuda para quem conhece das coisas, mas para aqueles que não possuem o mínimo de informação de alguns dados essenciais, fica muito difícil acertar.
Ruim mesmo é perder dinheiro com compras erradas ou pagando mais caro por produtos que não cumprem o seu papel e terminam se tornando aquisições que só nos dão dor de cabeça e nos fazem ficar com o bolso furado. 

0 comentários:

Postar um comentário