segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Andar à Fantasia

Vestir uma roupa adequada para cada situação é bem simples e basta termos um pouco de atenção aos detalhes e pequenos itens que temos no nosso guarda-roupa para não passar nenhum vexame na rua os ou lugares que frequentamos, pois se tal cuidado não for realizado, poderemos ter momentos ruins e terminaremos não nos sentindo bem para realizar as nossas mais simples atividades.
Não adianta ir caminhar na praia com uma indumentária digna de uma festa à fantasia, pois ficaremos incomodados com nós mesmos e teremos um pouco de dificuldade de realizar uma prática tão fácil. No trabalho, temos que seguir a formalidade do ramo que escolhemos e perceber que determinadas arrumações nos fazem ficar frios e intransponíveis, pois as pessoas terminam achando que somos deuses e não pessoas comuns. Isso acontecia muito comigo quando eu ia trabalhar um pouco mais social e tinha que me relacionar com os colaboradores da empresa que trabalho. Percebia que eles tinham um jeito diferente de falar comigo, um respeito acima da média e que muitas vezes interferia na eficácia do que queria realizar, já que a minha atividade lida diretamente com gente e com as suas diversas situações cotidianas.
Quando passei a ir trabalhar um pouco mais casual, foi notória a mudança de comportamento e hoje todo mundo se aproxima de mim de uma forma diferenciada, com mais afinidade e sem aquele ar de superioridade que antes percebia.
Estava sendo uma alegoria de mim mesmo e criando um personagem que não me ajudava nas atividades diárias, já que a intenção de aproximar estava sendo descaracterizada pela simples utilização de uma roupa. Há quem goste desse papel, mas eu prefiro estar mais integrado ao que gosto de fazer e, dessa forma, colher melhores frutos.
Há vantagens em se vestir com mais sofisticação, claro, pois em determinados momentos somos bem mais recebidos do que se estivéssemos com uma roupinha mais básica. Isso é o puro reflexo da sociedade, que nos julga pela aparência e exclui aqueles que não possuem o "padrão" adequado.

Nossa fantasia deve ser sempre adequada e isso perceberemos em cada observação que fizermos dos lugares que estivermos inseridos, pois só assim teremos a capacidade de dosar o momento ao nosso comportamento, colhendo os melhores frutos possíveis.

0 comentários:

Postar um comentário