sábado, 11 de julho de 2015

Fortaleza Revisitada

Iniciei minhas férias viajando para a cidade de Fortaleza e passando por alguns lugares que já havia visitado e me encantado, algo que desta vez não aconteceu com tanta intensidade, pois percebi que o município está muito descuidado e precisando de reparos em muitos pontos turísticos, sejam eles de responsabilidade do município ou do Estado. 
São obras inacabadas ou mal conservadas em todos os lugares e a cidade agora está se transformando numa feira generalizada, pois a quantidade de ambulantes é enorme e faz com que muitos passeios fiquem até chatos de serem realizados. A Avenida Beira Mar, por exemplo, está tomada por vendedores ambulantes e que terminam impedindo o ir e vir dos visitantes que procuram naquele espaço um momento de descontração e alegria perto do mar. Os Espigões, obras de grande impacto visual, e que possibilitam uma visão privilegiada da orla e do belo entardecer que sempre ocorre na cidade, estão entregues ao descaso e as edificações inacabadas só fazem com que o espaço tenha um aspecto ruim, causando uma depredação maior ainda.
O Centro Cultural Dragão do Mar está precisando de vários reparos na sua estrutura e a única parte que está com um aspecto bom é a que abriga os bares e restaurantes, pois esta é mantida pela iniciativa privada. O Aquário tão falado da Praia de Iracema está abandonado e a obra virou um monumento ao descaso e ao uso indevido de verbas públicas, pois gasto tão grandioso poderia ter sido melhor empregado em obras que fossem mais úteis à população. 
A Ponte dos Ingleses estava aberta para visitação, mas pelo que vi nada foi feito para melhorar o seu desgaste e ela apresenta muitos sintomas de falta de manutenção e termina sendo um lugar perigoso para ser visitado, dependendo do horário que for escolhido pelo visitante, já que a área onde está situada possui pouco movimento e só fica um pouco mais agitada no período da noite, quando os patins invadem a área e fazem a festa no calçadão. 
A Estátua de Iracema está sofrendo também com a falta de manutenção e nem uma iluminação adequada tem para aqueles que visitam o local no período da noite. Não vou nem falar das ruas e avenidas que abrigam uma enorme quantidade de obras e possuem também muitos prédios fechados, fazendo com que em alguns bairros a sensação seja de estarmos numa cidade abandonada, sem moradores.
Fortaleza é uma cidade muito grande e bem populosa, o que faz dela um lugar cheio de problemas sociais, mas acho que algumas situações poderiam ser amenizadas se atitudes das pessoas e dos governantes fossem tomadas, pois somente um pouco de educação já resolveria muitas situações que encontramos na cidade ou em vários lugares do Brasil. O brasileiro precisa preservar mais o que é seu e não destruir e sujar os patrimônios culturais que possuímos.
De qualquer forma, foi bom rever a cidade e ficar um pouco mais perto da sua rica cultura e das diversidades gastronômicas e naturais que ela possui.










0 comentários:

Postar um comentário