terça-feira, 10 de março de 2015

Igualdade

Todos falam de igualdade, mas na prática a conversa é bem diferente e o que mais encontramos são distúrbios gritantes do que seria o padrão ideal de sociabilidade e de atitudes amistosas entre as pessoas que se dizem livres dos preconceitos e que enchem a boca para falar que são a favor de todas as diversidades existentes.
Os olhos denotam o preconceito mais do que as atitudes, pois muitos podem até esconder o gesto, mas o brilho no olhar fica diferente quando a reprovação por determinadas coisas acontece e não há como enganar o coração com falatórios disso e daquilo quando na verdade a discórdia está dentro de cada um de nós, plantada num coração que não amolece nunca e se faz de bonzinho para fazer um papel que não existe e pode ser facilmente descoberto num momento de descuido.
A igualdade verdadeira somente acontece quando não pensamos diferentemente para cada caso e damos a todos as mesmas possibilidades de evolução. Se pensarmos bem, veremos que isso jamais acontece e sempre temos meios de encontrar uma forma de discriminar o que não é necessário ou de observar com outros olhos o que está claro e livremente igual a todos.
Encontrar defeitos é a nossa vocação como seres humanos, ainda mais quando a nossa compatibilidade é ameaçada com a diferenciação dos outros, pois deixamos de lado o nosso aspecto humano e passamos a ser animais numa selva cruel, onde o respeito não existe e o distrato é bem mais comum do que a comunhão e a cooperação.
A evolução humana e as sociedades antigas justificam bem a falta de igualdade e fazem com que saibamos entender melhor como cada atitude nossa teve gradação com o passar dos tempos, já que os reis de antigamente ainda existem e só mudaram um pouco a sua atuação na sociedade, embora a maioria dos súditos ainda pereça da falta de oportunidade e da concordância acima da média para poderem ter um pouco de aceitação e benevolência em algumas horas.
"Ser igual é legal..."
Essa frase é oriunda de uma música da Vânia Abreu e muito me inspira com bons pensamentos sobre a igualdade e a simplicidade, algo que está cada dia mais esquecido e que termina sendo ato de discórdia entre as pessoas, as quais esquecem que somente com igualdade o mundo será realmente bom para se viver e obter felicidade plena e sem limites.

0 comentários:

Postar um comentário