segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Sala dos Milagres

Sempre achei interessante as Salas dos Milagres que existem nos mais variados santuários que conhecemos, mesmo que em alguns ambientes elas possam nos trazer medo, já que muitas fotografias e objetos mostram ou reproduzem doenças que não são muito agradáveis de serem contempladas.
Foi com esta curiosidade que visitei o Santuário de Nossa Senhora da Penha, pertinho de João Pessoa, neste último final de semana. Embora o grupo de pessoas que estavam comigo não tivessem despertado nenhum interesse pelo local, pois ninguém entrou lá, eu passei alguns minutos no espaço e ainda pude registrar algumas fotos nos pequenos instantes que passei lá, uma vez que o pessoal já seguia caminho para a trilha e eu ainda estava dentro do santuário, o qual nem era ponto de visitação da nossa caminhada.
A sala é recheada de objetos que reproduzem graças alcançadas e a maioria é de casas, motos e carros, pois muita gente sempre atribui a conquista de tais bens ao divino e esquece que o seu esforço também contribuiu para isso. Atire a primeira pedra quem nunca leu a frase estampada nos carros e casas: "Foi Deus quem me deu". 
Pois bem, lá no santuário todas as graças eram atribuídas à Nossa Senhora da Penha, embora tenha visto algumas imagens do Padre Cícero e Frei Damião que nem santos ainda são, mas já carregam este título no coração de muita gente.
Desde os primórdios nos apegamos a amuletos e fazemos disso um instrumento da nossa fé, como se sem ele não fizesse sentido acreditar em Deus e nele confiar. A fé nem sempre é única e por muitas vezes fica distorcida sem sabermos ao certo para onde deveremos enviar as nossas súplicas.
É interessante também perceber que as pessoas esquecem que mesmo tendo uma graça alcançada, muitas vezes o auxílio de muitas partes foi primordial para muitas conquistas, tais como a nossa determinação, confiança, organização financeira, remédios, médicos, família, amigos e paciência.
Sim, paciência. 
A fé é medida pela paciência que temos em muitos momentos da nossa vida e se não estivermos com ela em dia, ficaremos blasfemando e não sabendo para onde atirar e derramar o nosso ódio e desafeto, o qual pode resultar numa piora da nossa saúde ou na falta de motivação para conquistar o que desejamos.
As pessoas precisam se apegar à Deus de uma forma plena e superior, onde cada um possa acreditar que dentro de nós existe uma força superior que nos faz fortes para conseguirmos o que desejarmos, sem que para isso possamos ficar fracos de cheios de altos e baixos na nossa trajetória. Nossos milagres acontecem diariamente e basta ficarmos atentos aos detalhes para sabermos disso. Se percebêssemos cada sinal que nos cerca, veríamos que Deus nunca nos desampara e nos mostra o caminho a seguir sempre, nos fazendo fortes e instrumentos de algo bem maior que é a paz universal, fato que a cada dia perde a força e se torna mais raro de acontecer.
A Sala dos Milagres somos nós mesmos e dentro dela existem muitas possibilidades de mudança para serem postas em prática, bastando somente o nosso cuidado e atenção com o que realmente é necessário e que precisa do amparo da nossa fé para se tornar forte a cada dia.








0 comentários:

Postar um comentário