segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Mudando a Visão

Quando visitei Porto de Galinhas pela primeira vez, há 15 anos, achei o local péssimo e não vi atrativo algum e nem motivo para tanta propaganda e divulgação do turismo de lá. Depois, em outra visita que fiz, descobri que estava enganado e o que faltou no meu primeiro encontro com aquela natureza do local foi não ter escolhido a maré certa e também não ter disponibilizado um pouco do meu tempo para conhecer as redondezas e dali extrair o melhor e que faz do lugar um encanto para todos os brasileiros.
Percebi que as piscinas naturais só são vistas em dias de maré baixa e que uma boa caminhada favorece não só a saúde do corpo mas também dos olhos, que terminam encontrando muitas paisagens legais para serem fotografadas e guardadas na memória.
Se não saímos do lugar comum e nos damos o prazer de descobrir novos horizontes, ficamos sempre tendo a mesma visão daquilo que encontramos e achando que o mundo é uma mesmice só quando na verdade ele é cheio de diversidades e cada uma delas merece a nossa atenção e devido cuidado. 
Ontem voltei até o local com amigos e num momento sai do grupo e pedi licença para caminhar já que ninguém estava com vontade desta prática. Encontrei mais novidades no local e notei ainda mais que a beleza está sempre guardada nos pequenos detalhes que nem sempre queremos descobrir. Em Porto de Galinhas a aglomeração de pessoas é somente na área das piscinas naturais, mas além daquele espaço, a praia é tranquila e cheia de belas paisagens e locais para serem aproveitados por aqueles que não gostam muito a agitação dos locais mais movimentados.
Geralmente faço o passeio pelas piscinas naturais e vejo os belos cardumes em alto mar, mas desta vez a minha atenção ficou na praia, com os arrecifes e com as belas formações rochosas que lá existem e fazem a diferença para todos nós. A praia oferece de tudo e tem grande opções de divertimento e gastronomia, sendo perfeita para as férias e deleite do mar, em águas mornas e claras.
A visão muda nossa percepção do mundo e com esta prática diária nunca estaremos enxergando a mesma coisa sempre e teremos a evidente impressão que um piscar de olhos e uma viradinha de cabeça faz toda a diferença. O melhor pode estar ao nosso lado e nem nos darmos conta disso.
Vamos olhar com atenção para o mundo e deixar que ele nos mostre o que tem de melhor.















0 comentários:

Postar um comentário