quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Experiência Social

Algumas vezes não nos enxergamos realizando determinadas situações e isso faz com que tenhamos algumas atitudes diferenciadas e que vão de encontro com o que gostamos e realmente valorizamos. Chamamos este tipo de atitude de Experiência Social, que é quando nos damos a chance de experimentar novas coisas e sair um pouco do lugar comum, conhecendo novas pessoas e sendo bem diferentes nos nossos gostos e ações.
Ir a uma festa que não combina com o nosso estilo musical, usar uma roupa diferenciada, fazer uma viagem aventureira e desprogramada, comer algo que nunca imaginamos ou quem sabe até exercer uma atividade profissional bem fora da nossa realidade fazem parte destes tipos de atitudes que constroem em nós este desejo de viver algo novo, seja por influência dos amigos ou por impulso nosso.
Já tive várias experiências sociais e algumas ratificaram o meu desejo por determinadas coisas, embora algumas tenham modificado a minha opinião sobre alguns pensamentos, pois passei a enxergar o mundo de uma forma diferente e ver determinados momentos como uma maneira de aprender algo novo e de conhecer o outro lado da vida, que muitas vezes padronizamos demais e não deixamos que seja realmente diferente e válido para o nosso crescimento como pessoas.
Não precisamos viver nos experimentando sempre, mas fugir do lugar comum é essencial para que tenhamos a consciência de que a vida pode ser bem melhor se estivermos dispostos a conhecer o que ela pode nos oferecer e a partir daí tomar as nossas próprias conclusões a respeito dos fatos e deixar de lado as opiniões dos outros, que podem ser equivocadas e levarem consigo uma grande soma de controvérsias.
A ousadia que guardamos dentro de nós pode nos fazer grandes pessoas, desde que haja disposição para observar o que é bom e precisa ser levado em consideração. Buscar experiências sociais é sempre bom, mas temos que destinar a atenção devida aos pequenos detalhes que circundam a atividade, pois um descuido qualquer pode fazer com que a nossa curiosidade se torne um vício, o que nem sempre é bom e reflete em boas consequências para as nossas vidas.
Vale a pena experimentar tudo, desde que tenhamos colheitas boas e legados interessantes desta ação.

0 comentários:

Postar um comentário