domingo, 16 de novembro de 2014

A Lei do Retorno

Retornar aos lugares que gostamos é sempre algo revigorante e só faz bem para a nossa alma, pois geralmente é de lá que temos as melhores lembranças e aprendizados, os quais contribuíram intensamente para a nossa edificação como pessoas, além de refletir positivamente nos laços familiares e de amizade, sem os quais a vida seria muito complicada e sem um rumo certo.
Sozinhos aprendemos muito, mas é na companhia daqueles que gostamos que temos a sabedoria para viver bem e sempre amparados pelo que há de melhor e que faz um enorme bem para o nosso ego e sentimentos, já que grande parte da nossa vivência é influenciada pelos sentidos, dominados pelo nosso cérebro, o guardador de todas as informações e aprendizados.
A lei do retorno consiste em reviver estes momentos únicos na vida de cada um de nós e com isso saber que podemos nos revigorar sempre que desejarmos nestes espaços de felicidade que guardam as nossas maiores influências e as utilizam para o nosso bem, fazendo com que sejamos levados ao puro deleite quando nos damos o prazer de desfrutar de boas companhias e vivências.
Voltar às nossas origens, falar com um amigo distante, receber um presente surpresa, uma mensagem inusitada, uma atenção pontual naquele momento de necessidade ou quem sabe um olhar terno, nos fazem muito bem e receber tais influências só nos provam que a melhor forma de estarmos bem é revivendo aquilo que nos engrandece e nos torna seres humanos.
Ninguém gosta de voltar aos lugares dos quais guarda lembranças ruins e isso fica mais evidente se estivermos dispostos a excluir definitivamente das nossas vidas tudo que não merece ser lembrado e que acomete todas as nossas ações de melhoria. A Felicidade se torna real quando temos um retorno bom aos lugares e pensamentos que aprendemos a gostar e deles sugamos o melhor e mais fortificante, algo que nos deixará inertes ao que é ruim e só atentos ao que realmente nos interessa, já que estas formas de buscar energia, naquilo que amamos, é de grande valia para nos encontramos de verdade nestas idas e vindas que nos são oferecidas diariamente, com passagens caras e baratas, porém de grande validade e primorosas descobertas.

0 comentários:

Postar um comentário