domingo, 5 de outubro de 2014

Sujeira Total

Dia de eleição é sempre assim e as ruas ficam cheias de panfletos para nos lembrar duas coisas: os números dos candidatos e a falta de compromisso deles com o que dizem, pois se prometem manter as cidades limpas, organizadas e o Brasil em dia com as suas obrigações, terminam não contribuindo para isso e fazendo com que as ruas fiquem parecendo o passado de alguns deles, com uma aparência mais suja do que pau de galinheiro.
A foto deste texto foi feita às 05:30 ada manhã, quando saía para a minha caminhada e as ruas já estavam tomadas de papeis de todos os tipos de propagandas, fazendo com que ninguém esquecesse o que iria acontecer naquele dia, que era a complicada, demorada e esperada eleição para Presidente, Deputados Estadual e Federal, Senador e Governador. Para quem tem habilidade com o teclado eletrônico, é bem fácil e rápido, mas para algumas pessoas, o processo se tornava demorado e a fila só crescia. Fiquei mais de 40 minutos numa fila pequena, mas vi que outras seções estavam bem mais demoradas e as filas não paravam de crescer, fazendo uma disputa nada gentil com o calor que deixava os corredores do colégio que voto parecendo um forno de padaria. 
É muita gente para eleger de uma só vez.
Eu votei logo cedo e não esperei o final da tarde para fazer isso, pois sabia que a situação iria ser complicada, já que neste ano a leitura biométrica foi uma novidade para as pessoas e muitos ainda não se familiarizaram com a nova tecnologia. Dia de eleição é bem engraçado e todo mundo veste a roupa na cor do seu candidato ou incorpora o santo da nacionalidade e vai para as ruas parecendo que está na final da Copa do Mundo. 
Todo mundo reclama, mas fazem a festa nos dias das eleições e percebemos muitas barbaridades sendo feitas como a disponibilização de carros fretados para os eleitores votarem, lanches e outras facilidades para deixar o eleitor mais calminho e com aquela vontade de votar no candidato patrocinador de tantas facilidades.
Eu fiz a minha parte e agora torço para que estas eleições tragam pessoas capazes de lidar com tudo que o Brasil precisa e faça dos nossos dias menos complicados e mais amparados por alegrias e sucessos que não precisam aparecer somente nos meses que antecedem a eleição. Necessitamos estar confiantes nos mandatos de cada político e cobrar de cada um deles a responsabilidade pelo crédito que depositamos com o nosso voto confiante e quase certeiro.

0 comentários:

Postar um comentário