terça-feira, 20 de agosto de 2013

Bonecos Manipulados?

Muitas vezes nos sentimos manipulados, não pelas pessoas, mas pela vida mesmo. Terminamos realizando coisas e tendo atitudes que não são características nossas, mas que precisam ser feitas para podermos ter um pouco de paz e poder conviver na sociedade cada vez mais desigual e cheia de detalhes.
É como se uma mão misteriosa guiasse os nossos olhos, nossos braços e nos fizesse sempre repetir atitudes que em sã consciência não faríamos, seja por falta de aptidão ou por vontade mesmo. Muitas vezes o nosso espírito transgressor e inovador fica esquecido no tempo e terminamos nos tornando bonecos com sorriso forçado, gestos medidos e aparência igual.
Nem percebemos, mas usamos a roupa que está na moda ao invés de criarmos o nosso próprio estilo e nem percebemos quando esta mesma roupa fica ridícula em nós. Gastamos no restaurante da moda quando a comida nem nos agrada, mas a sensação de estar ali, enfrentando até filas para entrar é algo que terminamos não entendendo, mas fazemos.
Na vida profissional, muitas vezes somos manipulados pelas regras que são impostas e que nem sempre refletem a realidade das nossas crenças e ações, pois se de um lado temos um profissional muito inventivo, do outro podemos encontrar uma empresa rígida demais e contrária às mudanças que devem e podem surgir no mundo corporativo.
No amor, ficamos muitas vezes podados e sem chances de florescer nas nossas escolhas e gostos, simplesmente pelo fato do outro não gostar ou reclamar dos nossos atos. É a realidade, mas temos que buscar um ponto de equilíbrio, o qual não afete negativamente ambas as partes.
A maioria das nossas ações deve ser feita para evitar a manipulação, pois se assim não for, estaremos caminhando cada dia mais para o fundo do poço e tendo a sensação de que o escuro está mais presente do que a luz que irá nos guiar nas conquistas e realizações de vida. A manipulação é o contrário da alegria, da criatividade, da satisfação.
Quem se deixa manipular certamente não conhece a si mesmo e termina buscando na mão pesada dos outros uma forma de descobrir a sua própria vida. 
Você manipula ou é manipulado?

0 comentários:

Postar um comentário