segunda-feira, 15 de julho de 2013

Prestenção!

Tem muita gente que não presta atenção ao que está disponível para entendimento pelo simples prazer de complicar a vida dos outros ou quem sabe até para perguntar novamente, na hora mais infeliz e desconcertante, aquela dúvida que não estamos com tempo ou disposição para explicar tudo novamente.
Quando estamos atentos às explicações que recebemos, fica mais clara a resolução de muitas situações e também a efetivação de muitos projetos que a vida nos apresentar. Sabemos que nem tudo é bom para os nossos ouvidos e escutar uma explicação de algo que não nos desperta interesse é algo ruim e chato. A melhor saída para este impasse é sempre estar ligado ao que realmente nos interessa e deixar de lado as coisas que nos causam repúdio. Faremos melhor aquilo que gostamos e não adianta ficarmos nadando contra a correnteza, o que só irá nos causar grande cansaço e derrota.
Não significa dizer, porém, que iremos fechar os olhos para o mundo e perceber somente isto ou aquilo. Não é isso. O mundo nos informa, nos constrói e para isso acontecer de forma mais adequada, podemos aprender com ele também e isso é realizado com uma boa informação dos fatos, das interferências que ocorrem e também de estudos que nos ajudem a concretizar o nosso desejo maior.
A escola fundamental é a base de tudo, assim como o ensino médio, mas percebemos que hoje as faculdades estão direcionando esforços para criarem cursos mais curtos e direcionados, pois assim as pessoas não perdem tempo estudando "o porquê das borboletas vermelhas" quando na verdade o que interessa é a gestão de projetos e pessoas.
O que devemos ter dentro de nós é a sensação de realmente aproveitar esses momentos oportunos e prestar atenção nos dados que nos são apresentados e dessa forma construir meios de apreender tudo, nos tornando ótimas pessoas e profissionais, capazes de ajudar em qualquer desafio que nos for apresentado e que testará a nossa competência, que foi aperfeiçoada com os estudos e compromisso com a educação correta e comprometida. 

0 comentários:

Postar um comentário