terça-feira, 4 de junho de 2013

Repor pelo Desgaste

Tudo na vida tem um fim, seja ele mais breve ou demorado, mas tem. Nada dura para sempre e temos que avaliar a hora certa de trocar determinadas coisas para evitar o desgaste excessivo ou então a apresentação incorreta de algumas coisas que possuímos.
Até nós mesmos devemos passar por momentos de reposições, onde um ajuste na aparência nos causa grande satisfação e nos remete a um estágio mais avançado e motivado de nós mesmos. Uma roupa nova, um corte de cabelo mais moderno, uma maquiagem mais certeira, já nos dão um ar revigorado, sublime, sensacional.
Ficar no desgaste a vida toda só nos deixa com um aspecto cansado e triste, fazendo com que as nossas forças sejam mínimas, mesmo quando algo requer muito pouco da gente.
Repor as energias diariamente com boas ações e ótimas companhias é essencial para a nossa satisfação e nos coloca em um lugar privilegiado quando o assunto é felicidade e alegria.
Se tudo tem o seu tempo certo, não precisamos ficar acumulando velharias e perdendo tempo com o que não é necessário, pois se assim agirmos nem saberemos ao certo caminhar de forma adequada e vendo novos horizontes para os nossos desafios e conquistas.
Desgastou? Jogue fora, troque, recicle...
Esqueça de vez.
Assuma o novo, o ideal, o que lhe faz bem e proporciona bons momentos. Ficar maturando as coisas ruins que vão aparecendo só nos faz ficar com um ar abatido e desgostoso, onde a vivacidade fica em segundo plano e o que mais aparece são as rugas de um passado que nem deveria existir.

0 comentários:

Postar um comentário