domingo, 9 de junho de 2013

#AC

Após algum tempo com trabalhos remissivos e sem muitas novidades, Ana Carolina retorna em alto estilo, bem produzida, seja nas fotos ou músicas que o novo álbum apresenta. As letras são simples e refletem a alma da artista questionadora e formadora de opinião que é.
São 11 faixas com novidades eletrônicas, baladas românticas e sonoridades inusitadas, mas que não perdem a essência da cantora, que para mim é a "Garganta" da MPB e traduz muito bem a música que a consagrou no início da carreira.
Ainda não vi o CD nas lojas, apenas as fotos que já estão na internet, assim como as músicas para baixar, embora fisicamente isto ainda não seja possível, já que nem em pré-venda as lojas estão disponibilizando o trabalho.
Seja fazendo comentários sobre o sexo fácil na música "Pole Dance" ou nos fazendo viajar na romântica "Combustível" ou nos fazendo ferver na pista de dança com a música "Bang Bang 2", ela faz da audição das músicas algo inesquecível e tenho certeza que agradará ao seu grande público, cativo e fiel.
A única música que me pareceu estranha foi a "Resposta da Rita", que conta com a participação do Chico Buarque. Ele não canta com a cantora, mas faz uma participação especial com comentários que nem sempre se encaixam no ritmo do sambinha que ela cantou tão bem. A voz do Chico fica incômoda em alguns momentos, pois não conseguimos escutar nem um nem outro de forma concreta e isso deixa a melodia um pouco confusa, algo que poderia ter sido resolvido se tivesse acontecido a conjunção de vozes e não somente uma junção, como ocorreu.
Ela fala de atualidades nas suas novas músicas, reverencia artistas, escritores, fotógrafos, tecnologias, enfim, mostra-se atual e sempre antenada com os fatos que estão acontecendo na vida de todos nós e que devem, sim, ser musicados para se tornarem alívio para os nossos ouvidos.
Os ritmos são parecidos com os mesmos dos álbuns anteriores, mas senti falta do pandeiro, que anda meio esquecido pala cantora. Talvez ele esteja presente nas músicas, mas não de uma maneira  marcante como foi o que aconteceu em muitas músicas que ela já cantou.
#AC é um nome resumido para um álbum tão rico de novidades e sonoridades. Que o vermelho da roupa que Ana Carolina usa na capa traga vivacidade e que a água hidrate os nossos sentidos para sentir com mais intensidade cada música apresentada.

0 comentários:

Postar um comentário