segunda-feira, 6 de maio de 2013

Desaforos


Muitas vezes falamos desaforos somente pelo impulso que o momento nos proporciona, mas esquecemos que muitas palavras ditas machucam as pessoas e fazem com que elas pensem duas vezes antes de realizar novamente uma atitude ao nosso favor, por acharem que serão em vão ou que não causaram a impressão que imaginavam na satisfação daqueles que nos acompanham e estão próximos durante todos os dias das nossas vidas.
Depois da palavra dita, da besteira falada, fica difícil para nós ter um novo vigor para melhorar as nossas ações e sentimentos, pois a mágoa termina sendo mais forte que a alegria e os desaforos ficam mais visíveis do que as boas lembranças.
Cada vez que realizamos uma ação contrária à felicidade dos relacionamentos, edificamos uma casa sem alicerce e com grandes chances de ruir em pouco tempo, ficando, também, vulnerável aos ventos mais fracos.
Cada palavra bem dita, bem proferida, é força que sustenta e nos faz perceber que nossas ações não foram em vão e construirão sempre boas percepções de tudo que iremos vivenciar, já que nem sempre a nossa vida é feita de realidades e em alguns momentos temos que pensar no futuro que ainda não existe para termos melhores dias e alegria de verdade.
Machucar alguém com palavras é terrível, ainda mais quando temos a certeza de que fizemos tudo para que a felicidade fosse perfeita e possível para ambos. Nem todos conseguem enxergar a realidade como ela é e terminam só pensando que o mundo gira em torno de si próprio, quando na verdade tem interação com muitas outras pessoas e coisas.
Ignorar tudo isso e pensar que a vida é exclusiva para nós, é algo que não pode existir na nossa vida e se não estivermos com esta certeza bem plena no coração, ficaremos incapazes de ter relacionamentos duradouros e também de fazer as pessoas felizes, pois se visualizar algo bom se torna cada vez mais complicado, imagine entender a problemática da vida e todas as suas interferências.
Desaforos desaforados não levam a nada e podem causar um impacto bem maior do que imaginamos na vida de todos nós.  

0 comentários:

Postar um comentário