segunda-feira, 11 de março de 2013

Oscilante

Os altos e baixos da vida são inúmeros, mas devem ser vividos de forma plena para que tenhamos fortaleza necessária para entender o real sentido da felicidade e também da tristeza, já que nos deparamos com estas duas palavrinhas nestas mudanças que acontecem conosco e quem nos pegam de surpresa e sem chances muitas vezes de melhorarmos o nosso humor e determinação diante de tudo que iremos vivenciar ou que, de certa forma, já estamos sentindo.
A vida pessoal e profissional assume essas faces e não há uma só pessoa no mundo que não tenha provado do gosto doce e salgado destas inúmeras iguarias que nos fazem ficar com o astral lá em cima ou no fundo do poço e sem chances de manifestar um sorriso, por mais frio que seja.
Os relacionamentos que temos com o mundo que nos cerca pode nos favorecer, assim como nos prejudicar e isso é bem mais claro do que imaginamos, já que estamos cercados de pessoas de todos os tipos e nem todas elas estão ao nosso lado para nos amparar. Algumas estão justamente para nos derrubar e nos comprometer de forma grandiosa, deixando o nosso humor lá em baixo e sem chances de mudanças que nos façam acreditar novamente na humanidade e em tudo que ela possa representar de bom.
Prefiro continuar acreditando, pois se aparecem muitos seres ruins, surgem outros que neutralizam tudo e alegram os nossos dias já tão cansados e complicados, pois se ficarmos levando a sério tudo que acontece na vida, poderemos acreditar de forma muito duradoura que nada dará certo e que o mundo não tem jeito e que as pessoas são todas dissimuladas e sem coração.
Não é bem assim...
Oscilamos muito na vida e cada pessoa ou fato que nos aparece também assume esta característica e nos faz perceber que o aprendizado não está nas vivências contínuas e uniformes, mas nas diferenças, nos conflitos, nas provações. Quem percebe isso tudo em tempo hábil, pode fazer da oscilação um bom caminho para o sucesso, pois não ficará jamais pensando no que passou e sim no que irá realizar daqui para a frente.
Os relacionamentos serão importantes para tudo isso, por isso não desperdicemos a nossa capacidade de interagir com tudo e com todos, pois disso depende a nossa melhoria na vida e também nas ações que realizaremos em prol do nosso futuro.

0 comentários:

Postar um comentário