domingo, 20 de novembro de 2011

Os Temperos da Vida

Nossa vida em alguns momentos parece ficar sem sabor, sem tempero, mas cabe a nós não permitir que isso aconteça e com isso destinar o tempero ideal para que, novamente, ela fique apetitosa, quem sabe apimentada.
Os sabores que nos aparecem sejam eles amargos, doces, cítricos, diferenciados, ardidos ou insípidos são importantes para sabermos como estamos lidando com nossas vivências e como estamos degustando cada parte da nossa vida que é tão cheia de sensações e desencadeia em cada um de nós vontades e desejos diferentes para provar cada sabor de uma forma única e só nossa.
Se por alguns instantes a vida ficar salgada demais, cabe um pouco mais de água para que o sabor seja atenuado e possamos sentir o sangue correr pelas nossas veias de uma forma mais agradável e sem nos dar dor de cabeça, evitando que a nossa pressão suba por causa de atropelos que podemos evitar.
Pode acontecer também de nos sentirmos fracos e sonolentos e isso é um aviso de que o açúcar está baixo e precisa voltar ao seu nível para nos dar energia e manter a nossa carga de vitalidade em alta e sempre possibilitando que sejamos firmes nas nossas decisões e repassando um pouco do doce não iremos utilizar para as pessoas que nos cercam e que também se sentem fracas e sem forças para resistir.
Quando o marasmo imperar, devemos temperar nossa vida com uma pimenta "pinga fogo" e com isso testar o nosso paladar com uma iguaria forte e que nos dará a sensação de ardência, mas com muito prazer se a dosagem for na medida certa. Nada como uma pimentinha para queimar tudo e deixar a nossa vida com uma sensação de calor, elevando os nossos batimentos cardíacos e fazendo com que os nossos vasos fiquem mais dilatados, causando estragos nunca esquecidos pelo nosso cérebro que irá comandar toda a festança.
Não adianta misturar tudo, o ideal é ir usando os temperos vitais de forma adequada e com isso ficar sempre com um gostinho agradável na boca, já que se soubermos degustar a medida certa de tudo e, assim, não sobrecarregar o nosso organismo, tudo ficará muito bom e satisfatório. O importante é que se soubermos temperar bem, teremos sempre ótimas sensações e os sabores jamais esquecidos. 
Provem do tempero da vida e se lambuzem de vez em quando...
É bom...

0 comentários:

Postar um comentário