terça-feira, 18 de outubro de 2011

É um K, um B, um C


É com esta frase que o Mução termina o seu programa todas as tarde e ela significa dizer que: Acabou-se.
Acabaram as pegadinhas, os quadros de humor e a raiva das pessoas que diariamente ficam transtornadas com os seus telefonemas que contam as mais incríveis e mirabolantes histórias e fazem com que as pessoas se envolvam em conversas sem fim e que sempre geram muitos palavrões na hora mais movimentada do dia.
Não acho o programa saudável, mas é inegável a capacidade do apresentador de contar histórias e de controlar a situação ao seu favor, pois as pessoas falam, falam e continuam firmes na ligação e escutando os mais diversos apelidos.
É bunda de gaveta, Orelha de abano, Bafo de Onça, isso e aquilo...
O que gostaria de salientar de deixar bem claro é que as pessoas são ingênuas demais e se deixam levar por situações que, de cara, já parecem mentirosas, pois fica difícil acreditar nos falatórios que o Mução diz a todas as pessoas, fazendo com que elas participem do programa como coadjuvantes mal pagos e que ficam com a imagem exposta para todos que estão assistindo o programa.
Ele mesmo diz: “Se você ver uma pessoa rindo, ou é doida ou está assistindo o Mução”. É verdade.
As pessoas se deliciam com o programa e sempre esperam para escutar qual será a vitima do dia e qual será o apelido que cairá na gandaia. A voz dele é tão conhecida que as pessoas deveriam já notar que se trata de uma pegadinha, pois não é comum uma pessoa falar como ele fala, com aquele sotaque de desenho animado, e também ligar para a sua casa para falar de assuntos tão fora da realidade.
A ingenuidade ainda existe e faz com que as pessoas sofram as consequências disso...
Noto que são pessoas simples, que não possuem grandes fontes de informações e que são facilmente enganadas. Uma pena, pois terminam se irritando com assuntos que deveriam nem dar cabimento e já num primeiro momento desligar o telefone e evitar toda aquela falação e agonia desenfreada.
No final da história, entra gato e cachorro na conversa e a esculhambação é geral. Todos xingam com o Mução e ele adora...
Adora ser inconveniente, adora ser irritante e adora fazer pessoas caírem nas suas armadilhas.
Agora sou eu que digo: É um K, um B, um C... Kabouce!!!!

0 comentários:

Postar um comentário