sexta-feira, 9 de setembro de 2011

O Mundo que Não é Mundo

“O que eu aprendi não me serve... O que eu conheci acabou...
O mundo já não é mais mundo e eu não sou quem você encontrou.”
Acontecem mudanças radicais nas nossas vidas diariamente e nosso pensamento muda a cada instante, nos fazendo tomar decisões e praticar ações diversas e adaptadas às situações que vivemos e que contribuem para a nossa evolução.
Nunca podemos imaginar que teremos atitudes iguais por muito tempo e que estas serão nossas guias para o resto da vida, pois se assim fosse o mundo não seria essa imensidão de situações que conhecemos e que nos acostumamos a ter perto de nós, nos influenciando positiva ou negativamente e nos deixando, algumas vezes, cheios de receios sobre o que realmente podemos ter como concreto ou incerto.
Nos desconhecemos muitas vezes por algumas atitudes que tomamos e ficamos sem saber quem realmente somos porque as ações nem sempre condizem com a nossa personalidade ou fazem jus ao que nos foi ensinado pelos nossos pais e também nas escolas que estudamos e que nos passaram sempre as noções primordiais de civilidade e de educação que praticamos diariamente.
O homem é um ser pensante e por isso adquire a cada dia novas necessidades para a sua vida e vai fazendo disso o combustível que precisa para viver em constante mutação e desordem em alguns momentos, podendo ser entendido ou até ignorado pelos seus procedimentos que podem refletir uma total falta de adequação da realidade. Jamais saberemos quem somos de verdade e nos encontramos numa roda viva de situações e sentimentos que jamais deixam de contribuir conosco e também com tudo aquilo que iremos realizar um dia.
Hoje o que aprendemos pode não nos servir amanhã, mas como não temos este conhecimento prévio, vamos buscando assimilar tudo que está na nossa frente para que num dado momento possamos estar preparados para tudo que a vida irá nos oferecer. Se tivéssemos a certeza do que iria acontecer sempre, não errávamos, não magoávamos ou até não falávamos palavras que não deveriam jamais ter passado pelo nosso pensamento, dirá pela nossa boca.
O mundo que não é mundo existe e está perto de cada um de nós, sempre, e nunca deixa de nos abastecer de informações e de ações, com todas as suas diversidades e adversidades.
Vai entender...

0 comentários:

Postar um comentário