quinta-feira, 21 de julho de 2011

Disponibilidade

Algumas pessoas são lembradas sempre que possível não por serem mais bonitas ou engraçadinhas, mas pela disponibilidade que elas possuem para ajudar as pessoas nas horas que mais necessitam. O altruísmo é algo muito importante para todos nós, pois se encontramos alguém sempre disposto a nos auxiliar e a nos fazer o bem sem que tenha interesse de ter algo em troca é a melhor coisa que poderíamos esperar.
A vida de todos nós sofre interferência de outras pessoas e se estas forem capazes de nos aliviar um sofrimento ou de nos prestar um auxílio quando necessário, fazendo com que os nossos dias sejam mais felizes, aí o nosso prazer aumenta e podemos realmente ter momentos mais elevados na nossa vida que sempre necessita de algum impulso para ter uma finalidade.
Disponibilidade não é ser bonzinho demais, mas mostrar-se pronto e acessível quando aqueles que mais necessitam do nosso apoio estiverem clamando por uma atitude nossa diante de um fato ou acontecimento. Uma palavra, um gesto e um olhar ajudam muito nessas horas e nada melhor do que saber que podemos contar com alguém, seja em que situação for.
No ambiente corporativo, esta característica ajuda as pessoas a terem mais empregabilidade, pois a visibilidade que adquirem com o tempo proporciona uma boa imagem diante de todas as situações que serão vivenciadas diariamente, pois não há nada pior do que ter colegas de trabalho indisponíveis e que nunca apresentam boa vontade para ajudar ou facilitar o nosso trabalho. Pessoas que só pensam em si ou só enxergam a sua atividade sem notar a sua importância junto aos demais estão mais propensas ao fracasso e com isso a terem menos tempo de empregabilidade. O profissional de sucesso deve abranger vários conhecimentos e com isso ser mais atuante em tudo que lhe for proporcionado. Esperar que façam tudo por ele ou não buscar nas outras áreas informações que contribuam para o seu aprimoramento é algo ruim e comprometedor e deve ser esquecido por qualquer pessoa que queira ascender na carreira profissional.

0 comentários:

Postar um comentário