quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Recomeçar

Recomeçar nem sempre é uma tarefa muito fácil, mas deve ser feita.
Encontrar os caminhos que nos levam a organizar o que foi destruído é bem complicado algumas vezes, mas não pode deixar de existir jamais; disto dependerá a nossa sobrevivência, felicidade e amor próprio. Se não buscamos respirar novamente diante de tantas situações controversas, já temos uma grande chance de cair em desânimo e dessa maneira não encontrar a luz que irá iluminar os nossos dias e as nossas realizações.
Quem passa por situações muito ruins e tem que achar as soluções brevemente para poder continuar vivendo, possui dentro de si uma carga emocional acima da média e consegue ter mais desenvoltura em outros momentos da sua vida, tamanha foi a provação que já passou anteriormente para administração.
É nessa hora que vamos revendo muitos conceitos e obtenções, analisando tudo que realmente é necessário e deixando de lado o que não iremos precisar para as nossas vidas. Se de um lado o recomeço maltrata, por outro nos faz entender o real sentido da vida e nos proporciona melhorias gigantescas em vários aspectos, sejam eles emocionais ou até materiais.
Neste momento de grande evolução descobrimos como tudo realmente funciona e dessa maneira adaptamos a nossa vida para que tudo seja melhor gerido e possa ter os frutos necessários do sucesso e não da desgraça. Olhando a situação com determinação e curiosidade, vamos também aperfeiçoando as nossas ações para que tudo fique mais evolutivo e contribua para o nosso crescimento como pessoas e moradores desse mundo tão cheio de acontecimentos.
Se as mudanças surgem é porque precisam de alguma intervenção nossa, seja para melhorar ou iniciar um processo que sofreu interferências diversas e precisou da nossa atenção para continuar nos servindo e fazendo efeito nos nossos dias. 
Nunca desperdiçar um recomeço e sempre tê-lo como um aprendizado já é um bom motivo para crescermos sempre nesta fase da vida tão necessária e que depende tanto da nossa dedicação.
Não tenha medo de recomeçar...

0 comentários:

Postar um comentário