quarta-feira, 6 de julho de 2016

Instragão

Uma vez vi um vídeo em que uma avó conversava com a neta; confundia o nome do aplicativo "Instagram" com "Estragão". Na cabeça dela, a neta estava estragando a vida com alguém e fazia contato através do celular. Ela pensava que o aplicativo era uma pessoa e que a neta marcava encontros com ele, estragando a sua vida com muitos "efeitos", como assim mesmo disse.
Os efeitos das fotos que a neta falava foram confundidos com possíveis utilizações de drogas pela avó que se mostrava preocupada com a situação da neta que não desgrudava do "Estragão".
Pois bem, analisando bem o aplicativo, notamos que ele traz muitas coisas boas, mas o festival de fotos picantes e de pessoas mostrando os seus "dotes", mesmo que mascarados por uma roupa, é enorme e só demonstram que a maioria está ali para conseguir clientes, já que na apresentação deixam o número de contato para o que eles chamam de "parcerias".
A prostituição está bem mais tecnológica e o que antes se encontrava nas ruas escuras da cidade, hoje pode ser visto em redes sociais e com muitos efeitos capazes de tornar o belo mais atraente e o feio mais gostosinho. É um festival de bundas que não é brincadeira e as poses só reforçam a capacidade que todos possuem de mostrar quem é melhor na arte da sedução.
O pior não é isso, pois encontramos também pessoas que colocam na descrição do perfil as frases "Namorando", "Em Relacionamento", "Namoro Moderno", e vários outros tipos de descrições que significam nada quando as fotos que expõem são vistas, pois é difícil acreditar que alguém tenha um relacionamento que se possa chamar de sério quando a putaria impera nas fotos que mostram e que, inevitavelmente, chamarão para a traição ou sexo fácil.
Não sei como os namorados e namoradas destas criaturas se sentem quando leem os mais variados comentários nas fotos que são publicadas, pois só reforçam o mercado da disputa de corpos que ganha muitos seguidores e enaltece a vaidade desmedida das pessoas que perdem a noção na hora de expor a sua vida nas redes sociais. 
A era da comunicação é tudo isso e muita gente ainda confunde rede social com rede de putaria. Tem horas que fica chato participar de tais aplicativos, pois nem sabemos a real intenção das pessoas. Multiplicam tanta coisa ruim que terminamos tendo menos acesso do que deveríamos e a maioria dos nossos amigos passa a ter o status de "bloqueado", somente pela inconveniência da sua existência e pela total falta de fundamento que passam nas suas redes sociais.
É muito estrago, muita coisa estragada, um Estragão de verdade... 

0 comentários:

Postar um comentário