terça-feira, 10 de maio de 2016

Manias e Loucuras

Desenvolvemos muitas manias nas nossas vidas, mas nem sempre percebemos que a gradação de algumas delas pode se transformar em uma loucura total da nossa mente e comprometer muitos dos nossos aspectos sociais, nos fazendo perder a noção do que realmente é sadio e merece ter crédito nas nossas vidas.
Todos nós temos manias, sejam elas leves ou pesadas, mas temos...
Eu tenho várias e nem vou enumerar aqui para vocês não acharem que eu sou louco, mas é a realidade.
Eu desenvolvi muitas manias a partir da minha sede de ter tudo muito organizadinho e isso reflete em vários momentos da minha vida, onde termino perdendo o sono ou meu tempo só para alimentar pequenos detalhes que para muita gente não seriam nem vistos. Eu fico irritado, quase morrendo...
Irritado porque a situação aconteceu e quase morrendo porque não posso consertar imediatamente e tenho que depender de vários fatores para solucionar aquele pequeno fato que aflige a minha mente. Infelizmente é assim e isso não algo que acontece somente comigo e percebo que tem gente mais doente que eu, em vários aspectos, e como um grau de insanidade bem mais elevado que o meu. 
Mas mesmo assim tudo isso é normal e imagino se não existissem esses tipos de características nas pessoas, pois o mundo seria extremamente comum e não teria nenhum detalhe para ser visto ou avaliado. Tudo depende do grau de observação que damos para determinados aspectos e se para mim isso é desgastante para fulano ou beltrano é corriqueiro demais e não representa nada. A dosagem da quantidade de manias é que determina o louco ou sadio e isso é tão comum de acontecer que não nos causa nenhum espanto.
Entre manias e loucuras vivemos; tristes, felizes, mas vivemos.
Essa é a melhor loucura que podemos imaginar, pois só nos transforma e nos faz deixar de lado a igualdade de um mundo sem detalhes e sutilezas.

0 comentários:

Postar um comentário