segunda-feira, 4 de abril de 2016

Dia de Folga

Hoje não trabalhei e para aproveitar bem o dia de folga, comecei registrando algumas fotos da Praia de Boa Viagem, num dia calmo de segunda-feira. A agitação do local deu espaço à tranquilidade e presenteou os amantes da caminhada com ótimas iluminações douradas e paisagens belíssimas.
É tão interessante...
Se compararmos as fotos de hoje com as do dia anterior, teremos a impressão que as pessoas eram as mesmas. Quase eram. Algumas novas, mas a maioria eram os velhos caminhantes de sempre.
A resposta para isso é a seguinte: Faço caminhadas há muito tempo na praia e sempre encontro as mesmas pessoas; algumas vezes aparece alguém diferente. Na maioria são idosos. Não vejo jovens contemplando o dia e somente os encontro quando vou caminhar mais tarde. 
Porque na maioria das vezes a jovialidade não combina com o acordar cedo?
Parece que a praia logo cedo é dos mais velhos e depois para os mais jovens e que preferem o desfile dos corpos do que o exercício mental e espiritual que somente o nascer do dia nos proporciona. 
Eu acho que sempre fui velho, pois nunca me dei bem com a muvuca e farofa das praias agitadas. Para mim, a praia tem que ser meio exclusiva, quase deserta.
É isso que nos faz perceber sua beleza real e sem retoques.









0 comentários:

Postar um comentário