sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Capela Dourada

Venerável Ordem Terceira de São Francisco do Recife, abriga um dos maiores expoentes da nossa arte sacra, que é a belíssima Capela Dourada, monumento que retrata um pouco da riqueza das nossas igrejas e como os detalhes eram bem definidos para criar ambientes de pura devoção e harmonia arquitetônica. Fica até complicado imaginarmos lugares como aqueles hoje sendo construídos, pois demandariam uma carga de trabalho muito grande e fariam com que muitas riquezas, já quase inexistentes, fossem empregadas para sua construção. A quantidade de madeira, ouro e prata impressionam...
Já tinha passado por lá há algum tempo, mas não tive a oportunidade de entrar e conhecer o espaço, que tem acesso restrito e serve somente como museu, uma vez que desde 1960 que as missas não são mais realizadas na pequena capela que fica no centro da cidade do Recife.
Além dos detalhes infinitos das paredes e teto, o local nos oferece muitos itens de arte sacra como ostensórios, oratórios, imagens e diversos utensílios usados pelos padres nas realizações das missas. 
A parte interna tem jardins bem organizados e floridos, além de nos mostrarem um pouco da porcelana portuguesa com todo o seu azul e detalhes históricos que sempre contam um pouco da vida religiosa no início da colonização do Brasil. Gostei muito dos móveis em madeira de lei e da forma como eles adornavam os pequenos detalhes que muitas vezes passam despercebidos por todos nós, já que nos apegamos aos grandes efeitos dos ambientes e deixamos de lado aquilo que pode gerar um grande impacto visual se for bem trabalhado e colocado em evidência da maneira certa.
Fui visitar o espaço, infelizmente, num dia chuvoso e as janelas estavam fechadas e dificultaram um pouco a visualização de algumas áreas, fazendo com que as fotografias da Capela Dourada não mostrassem todo o seu brilho e riqueza de detalhes, os quais merecem uma nova visita em momento oportuno que irei escolher.
Para quem gosta de arte sacra como eu, este passeio é sempre bom e faz com que os nossos olhos estejam atentos ao que é lindo e que merece sempre a nossa consideração e valor, pois a arte não morre jamais e sempre é válida para as mais variadas visitas que possamos realizar no nosso cotidiano e que só nos fazem bem.


















0 comentários:

Postar um comentário