sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Show Mariene de Castro

Mariene de Castro fez a sua estreia no Recife no dia da comemoração da Consciência Negra e a sua apresentação, no Pátio de São Pedro, reuniu uma multidão de admiradores que participaram muito da festa e fizeram da noite um momento inesquecível e cheio de boas lembranças.
As músicas que ela cantou não foram somente do repertório do seu último álbum "Colheita" e mesclou outras canções de trabalhos passados como "Tabaroinha", "Santo de Casa" e "Abre Caminho". Não faltaram as manifestações populares, o sincretismo religioso e todas as formas de demostrar o seu amor pela arte e pela cultura negra, que é tão presente nas suas canções.
A apresentação começou bem atrasada, pois o horário marcado era às 20h e o início se deu quase às 22h. Mesmo assim os que estavam por lá não arredaram os pés e ficaram esperando o início do espetáculo, que não decepcionou e fez com que toda a plateia participasse em todas as músicas cantadas.
Um dos pontos altos da apresentação, foi quando a cantora jogou um pó dourado no público, representando o seu Orixá mais presente, que é Oxum. Não faltaram outras músicas em homenagem a outras entidades como Oxóssi e Iemanjá. O Pátio de São Pedro ficou pequeno para tanta gente e nem os problemas técnicos ocorridos, os quais motivaram uma bronca da artista aos integrantes da banda, fizeram com que a apresentação fosse maculada.
Eu não percebi nada de errado e, fora algumas interferências da equipe técnica, achei a apresentação perfeita e só ressalto que determinadas ações feitas de última hora deveriam ter sido programadas com mais brevidade para evitar que algumas intervenções desnecessárias fossem feitas, causando um visível desconforto na cantora, que ficava mandando sinais para a equipe técnica ajustar algumas falhas no funcionamento dos equipamentos e afinação da banda.
Apesar de tudo isso, Mariene de Castro se mostrou inerte aos problemas e cantou perfeitamente, fazendo um show memorável e que sempre ficará marcado na minha vida, pois foi a realização de um sonho antigo, que era ver de perto uma das artistas mais promissoras do cenário musical brasileiro, a qual respeita as suas tradições e faz da sua música uma declaração de amor ao Brasil e a todas as suas raízes. 
Espero que volte mais vezes ao Recife...




















0 comentários:

Postar um comentário