terça-feira, 21 de outubro de 2014

Quem é de Verdade? Quem é de Mentira?

Quem é de verdade, sabe quem é de mentira...

A verdade que reside nas pessoas pode ser facilmente contestada se algum acontecimento nos mostrar a real face de quem nos acompanha diariamente e faz de conta que é nosso amigo fiel e merecedor de todas as regalias que uma boa relação nos proporciona.
Saber quem é verdadeiro ou não é bem complicado em algumas situações, mas determinadas pessoas já mostram o seu perfil facilmente e demonstram quem realmente são e quais são as suas reais intenções, seja para o bem ou para o mal. A capacidade que temos de acumular o que é bom ou ruim é bem influenciado por estas situações, pois quando nos deparamos com pessoas boas, os nossos dias ficam iluminados e cheios de momentos construtivos, bem ao contrário de quando encontramos pessoas ruins e que só nos afetam negativamente, já que transformam tudo num momento de grande decepção e tristeza, a qual é influenciada pela descoberta de fatos que jamais deveriam ocorrer se a amizade fosse realmente verdadeira e valesse a pena.
É ruim sentirmos isso no nosso cotidiano e ficar imaginando uma vida cheia destas interferências é algo que ninguém gosta, pois só de imaginar que estávamos perto de quem não merecia a nossa companhia é desgastante e faz com que a nossa mente sinta o pesar mais fortemente e com muita insistência.
Ninguém é verdadeiro por completo, pois em algum momento das nossas vidas temos que omitir algum fato para nos protegermos ou evitar maiores atropelos na vida. Alguns, porém, abusam deste detalhe e fazem com que a mentira seja o momento mais significativo das suas vidas e a partir deste fato passam a construir todas as suas características e interferências de vida, onde podem facilmente maltratar e causar danos diferenciados às pessoas que acreditam em sua inocência ou fidelidade.
Uma pessoa realmente verdadeira nunca desgasta uma relação de amizade por motivos banais e nem fala às escondidas com o intuito de denegrir a imagem de ninguém, pois sabe que isso é ruim e só causa desentendimentos e insatisfações que não agregam valor algum, ainda mais se tais comentários forem descobertos de forma vil e mascarada com a formalização da falsidade, que é uma das piores ingratidões que o homem pode oferecer ao próximo.

Texto inspirado na música "Na Moda" do artista Vitor Pirralho.
Suas letras falam de muitas situações e cada uma delas nos trazem um ensinamento e reflexão para a vida.

0 comentários:

Postar um comentário