quarta-feira, 17 de abril de 2013

Mobilidade

As cidades brasileiras padecem da mobilidade e do trânsito caótico que tira a paciência de todos nós, mas se em alguns lugares as intervenções são benéficas e deixam a cidade bonita e útil, em outros fazem com que a poluição visual seja uma constante e contribua para que muitas áreas, antes belas e preservadas, sejam vistas de formas desgastadas e cheias de concreto, sem que isso reflita numa melhoria do trânsito.
No Recife, as ruas e avenidas são pouco estruturadas para o crescimento da cidade e sofrem com os congestionamentos gigantescos que a cada dia mudam a paisagem e fazem com que os nossos roteiros pelas cidades da região metropolitana se tornem um calvário sem fim.
Gostei muito do metrô do Rio de Janeiro e achei a obra uma excelente forma e melhorar o trânsito da cidade que de certa forma é bem organizado e atende bem às necessidades das pessoas, exceto nos horários de pico, onde a quantidade de pessoas aumenta consideravelmente nas ruas. Fora estes horários, é possível andar bem e com tranquilidade por todos os espaços e as estações oferecem muitas comodidades e conforto, já que são climatizadas e bem sinalizadas.
Em 2015, quando todas as obras de ampliação do metrô estiverem prontas, o Rio de Janeiro oferecerá transporte rápido até a Barra da Tijuca, passando por Ipanema e São Conrado.
Todas as intervenções da cidade são grandiosas, pois a paisagem montanhosa faz com que os engenheiros tenham mais trabalho e originalidade para criarem meios viários que superem os obstáculos que a natureza criou.
Gostaria que o metrô do Recife fosse tão bem estruturado e nos possibilitasse tantos caminhos úteis, pois o que encontramos são estações instaladas em locais de pouco movimento e que não atendem as reais necessidades da população. O nosso metrô deveria ter estações mais centrais e que atendessem a zona sul, especialmente aos bairros de Boa Viagem e Pina, passando também pela cidade vizinha de Jaboatão dos Guararapes, seguindo por Piedade e Candeias.
A estação Cajueiro Seco deveria ser ampliada e seguir até a cidade do Cabo de Santo Agostinho ou quem sabe ir até o Porto de Suape, que é um dos motivadores do grande avanço do crescimento e movimento na região metropolitana do Recife.
Se fosse assim, teríamos, certamente, dias bem melhores e satisfatórios e evitaríamos os desgastes emocionais causados pelo trânsito cada vez pior. 

0 comentários:

Postar um comentário