quinta-feira, 7 de março de 2013

Marcas do Tempo

A vida deixa marcas que podem desaparecer com o tempo, mas nem sempre temos esse prazer, pois cada pessoa irá se recuperar diferentemente das mazelas e agonias que o mundo preparou. Podemos sangrar, nos arranhar e nada ficar em nós, mas em muitos casos, e dependendo da profundidade dos acontecimentos, ficaremos cada vez mais marcados pelo tempo e sem chances de esquecermos o que fez parte da nossa vida num passado próximo ou até bem distante.
Marcas sempre vão existir e não há como fugir delas, pois se assim não fosse, não teríamos histórias para contar e nem aprendizados para acumular. A vida tem que ser imperfeita mesmo, que é para termos a chance de irmos consertando e ajustando cada momento e, assim, conseguirmos um momento mais elaborado e adaptado aos nossos desejos mais pessoais ou até coletivos, já que nem sempre os ajustes são feitos somente em nós e precisamos do auxílio de muitas pessoas para termos possibilidade de vislumbrar dias melhores e mais serenos.
O ruim é quando a marca é profunda demais e a cicatriz faz com que a lembrança seja maior que a vivência, pois terminamos esquecendo de aproveitar o presente para ficar no passado e só lamentando os acontecimentos que foram ruins e que nos deixaram sem chão por alguns momentos difíceis e complicados da nossa existência.
Se as marcas são inevitáveis, temos que conviver bem com elas e não deixar que façam da nossa vida um martírio de lembranças, pois na maioria dos casos, estas não são boas e só nos fazem perder tempo em busca de novos ideais e conquistas, as quais irão nos renovar e perceber que as marcas, antes ruins, agora são boas e suficientes para nos fazer melhores e corajosos, encarando de frente cada novo corte que for possível existir, causando estragos superficiais ou mais desgastantes e profundos.
Marcar o nosso tempo e a nossa vida não é nada ruim, mas se deixamos que o sangramento seja demorado demais, poderemos perder forças e comprometer a cicatrização de algo que prejudica mais do que ajuda as nossas vidas. Vamos deixar as marcas desaparecerem ao seu tempo e lembrar de cada uma delas de uma forma melhorada e, assim, ficarmos melhores e mais felizes sempre.

0 comentários:

Postar um comentário